Resumo Trabalho

Autor(es): LORRINE BORGES PINTO, CYNARA TEIXEIRA RIBEIRO, GÉSSICA FABIELY FONSECA e orientado por CYNARA TEIXEIRA RIBEIRO e orientado por CYNARA TEIXEIRA RIBEIRO

A Psicologia Educacional é essencial na formação de professores, compreendendo conhecimentos relativos aos processos de aprendizagem nos diferentes ciclos de vida, bem como as repercussões dessas especificidades do aprender sobre a organização do ensino. Desse modo, trata-se de área que fundamenta a atuação profissional dos futuros docentes. Nesse sentido, o presente trabalho consiste em um recorte de uma pesquisa mais ampla que visa analisar as concepções de licenciandos dos cursos de humanas da UFRN sobre ensino e aprendizagem na infância, adolescência, juventude e vida adulta. A amostra constitui-se de 217 estudantes, tendo sido estratificada em dois grupos: 109 que ainda não cursaram os componentes de psicologia educacional e 108 que já haviam cursado tais componentes. O instrumento de coleta de dados utilizado foi o questionário semiestruturado, tendo sua aplicação sido realizada em horário de aula de algumas turmas previamente selecionadas nos turnos matutino, vespertino e noturno. As análises feitas mostram que os alunos, em sua maioria, apresentam concepções de ensino e aprendizagem centradas no professor ou incoerentes entre si. No que se refere à aprendizagem nos ciclos de vida, muitos não a diferencia ou o faz com base em estereótipos. Dessa forma, constata-se que as concepções oriundas do ensino tradicional permanecem hegemônicas mesmo após os estudos referentes à Psicologia Educacional, a despeito da perspectiva interacionista apresentada nesses componentes. Conclui-se, assim, que o papel dessa área necessita ser repensado no intuito de sanar as lacunas formativas existentes e contribuir mais efetivamente para a formação e atuação do professor, no que tange o ensino, aprendizagem e os ciclos de vida.

Veja o artigo completo: PDF