Resumo Trabalho

A EDUCAÇÃO PATRIMONIAL EM BANANEIRAS

Autor(es): LEILA SANTOS DE MELO, ELARISSE PINHEIRO ESTEVAM DA SILVA, MARIANA DOS SANTOS FERREIRA e orientado por VIVIAN GALDINO DE ANDRADE e orientado por VIVIAN GALDINO DE ANDRADE

Este artigo tem a intenção de relatar as atividades desenvolvidas pelo projeto de extensão "UFPB no seu município - A educação patrimonial em Bananeiras: uma articulação integrada entre a história, a memória e a cidade”". A partir de uma abordagem descritiva, pretendemos expor as propostas de atividades e oficinas a serem trabalhadas no projeto, que visa discutir a relação entre Educação, História e Patrimônio com docentes da educação básica do município e discentes do curso de Pedagogia da UFPB/ Campus III. Ao trazer este relato acreditamos estar divulgar as inúmeras possibilidades de se trabalhar a Educação Patrimonial (EP)como tema transversal e interdisciplinar, que conduz professores e alunos a um processo de conhecimento, apropriação e valorização de sua herança cultural. Metodologia voltada a alfabetização cultural dos sujeitos, a EP constitui-se de todos os processos educativos formais e não formais que trazem como foco o Patrimônio Cultural. Tanto ela quanto a História Oral são metodologias utilizadas no projeto, e nortearam os passos metodológico de nossas atividades. Esta integração que une a sociedade, o Ensino Superior e a Prefeitura de Bananeiras possibilitará ações que estimulam o desejo pelo conhecimento e pela preservação do que é histórico na cidade, a partir da vivência de uma sensibilidade que substanciará o vínculo e o sentimento de pertencimento à história e ao patrimônio da cidade.

Veja o artigo completo: PDF