Resumo Trabalho

O ENFOQUE FEMINISTA DE CLARICE LISPECTOR E VIRGINA WOOLF: UMA ANÁLISE COMPARATIVA

Autor(es): RAMON FERREIRA SANTANA

Este trabalho apresenta uma análise comparatista entre os textos jornalísticos de Clarice Lispector com a obra ensaística de Virginia Woolf a partir de uma abordagem política no que se refere às aproximações que ambas apresentam em relação ao movimento feminista. O que está sendo proposto é que a escritora brasileira, ao longo de sua extensa contribuição para a imprensa nacional nos anos de 1950 e 1960, expôs o seu enviesamento político ao fazer ecoar as vozes do pensamento feminista, principalmente aquele defendido por Virginia Woolf no seu ensaio “Um teto todo seu”, de 1929. Evidenciamos o método comparatista de abordagem que nos auxilia a melhor compreender as possíveis relações entre literaturas que foram produzidas através de suportes, espaços e tempos distintos e que possuem importantes laços, principalmente quando levamos em consideração a necessidade, na pós-modernidade, das leituras políticas dessas obras, conforme Linda Hutcheon, Stuart Hall e Italo Calvino.

Veja o artigo completo: PDF