Resumo Trabalho

HOMOFOBIA NA ESCOLA: DESAFIOS E ENFRENTAMENTOS

Autor(es): MOISÉS SANTOS DE MENEZES e orientado por ANABELA MAURÍCIO DE SANTANA

A escola é um ambiente mistificado onde existe uma diversidade de sujeitos com pensamentos, conceitos, formas de comportamentos e perfis diversos. A diversidade sexual na escola ainda se apresenta como um desafio para todos os sujeitos que fazem parte deste contexto. Muitos debates e questionamentos relacionados ao respeito às formas de sexualidades que diferem dos padrões heterossexuais no ambiente escolar ainda são invisibilizados e se constitui um problema para muitos docentes e discentes que não possuem conhecimentos/informações para trabalhar com essas demandas. O preconceito e a discriminação contra as Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) na escola é um fenômeno bastante presente na contemporaneidade, que provoca inúmeras consequências para a vida da população LGBT, a exemplo do abandono escolar, ausência de formação acadêmica e profissional, dificuldades em inserir-se no mercado de trabalho. Este trabalho trata-se de uma sistematização do Plano de Intervenção Educacional que trabalhou o preconceito e a discriminação homofóbica e transfóbica no ambiente escolar através de algumas ações realizadas com todo corpo discente e docente, objetivando contribuir para a desconstrução de conceitos e estereótipos negativos dos/as educadores/as na perspectiva de transformá-los/as em multiplicadores do enfrentamento à homofobia/transfobia no contexto escolar e na sociedade em geral. No relato desta experiência fizemos uma breve contextualização da homofobia na escola, apontando o cenário agravante e os desafios para o enfrentamento; e, apresentamos o detalhamento das ações do Plano de Intervenção Educacional. A homofobia é um fenômeno que se encontra fortemente presente na escola, necessitando, portanto, ser enfrentada, oxalá eliminada!

Veja o artigo completo: PDF