Resumo Trabalho

A MINERAÇÃO E SEUS IMPACTOS AO MEIO AMBIENTE E A QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO

ANDERSON RICARDO DA SILVA, ELISAMA DE AMORIM PAZ COSTA, ANTONIO CARLOS GOUVEIA FREIRE JUNIOR e orientado por LUCILLA VIEIRA CARNEIRO e orientado por LUCILLA VIEIRA CARNEIRO

As extrações de minérios interferem no meio ambiente, bem como na qualidade de vida da comunidade circunvizinha às empresas de mineração. Os impactos ambientais podem ser divididos em: impactos positivos, como a criação de emprego, que influência direta e indiretamente na economia de uma cidade; e os impactos negativos, com conceitos diferentes de poluição, como por exemplo, o caso relatado neste trabalho, que trata as alterações ocasionadas na vivência de uma comunidade, pela emissão de particulados que advém da mineradora. No Brasil, as doenças causadas pela poluição atmosférica vêm crescendo com o passar dos tempos, devido ao grande aumento da industrialização, ou formação de pequenas indústrias, que muitas vezes ocasionam uma ineficiente eliminação de resíduos por conta da falta de políticas de controle de poluição, junto a isto cresce também o número de doenças ocupacionais se tornando um grande problema de saúde pública.Desse modo, o objetivo geral deste trabalho foi analisar os impactos ambientais e à saúde da comunidade causada por uma mineradora no município de Gurinhém-Pb. Tratou-se de uma pesquisa documental quantiqualitativa, desenvolvida no período de janeiro à setembro de 2017, onde foram analisados os atendimentos da UBS do Município de Gurinhém. A alta exposição à sílica e as silicatos, advindos da extração de minérios podem resultar em várias doenças, sendo principais àquelas que acometem o sistema respiratório. Os resultados comprovam que a comunidade circunvizinha da mineradora sofre impactos negativos, relacionados à saúde, sendo necessário a elaboração de de politicas públicas, com o intuito de solucionar ou diminuir tais impactos. Um forma preventiva é informação e orientação, grandes ferramentas, principalmente quando advém dos profissionais de saúde que regem àquela determinada área. Outra medida mitigadora, visando a proteção ambiental, seria o uso da barreira vegetal, que consiste na plantação de mudas em todo perímetro da pedreira dificultando a passagem do particulado e contribuindo para a harmonia paisagística.

Veja o artigo completo: PDF