Resumo Trabalho

ANÁLISE FITOSSOCIOLÓGICA DA VEGETAÇÃO DO PROJETO DE ASSENTAMENTO BARREIRA VERMELHA – MOSSORÓ-RN

TULIO BRENNER FREITAS DA SILVA, AMANDA BRITO DA SILVA, STEPHANIE HELLEN BARBOSA GOMES, ARTHUR ANTUNES DE MELO RODRIGUES e orientado por JOSÉ AUGUSTO DA SILVA SANTANA e orientado por JOSÉ AUGUSTO DA SILVA SANTANA

O Projeto de Assentamento Barreira Vermelha localiza-se no Município de Mossoró/RN e possui área de 348,52 hectares, onde foram instaladas 20 famílias de assentados, vivendo quase que exclusivamente da produção agrícola, principalmente do plantio de mandioca, feijão e milho, além da criação de algumas cabeças de gado para produção de leite e subsistência. O Projeto de Assentamento Barreira Vermelha é composto por duas áreas pouco distantes entre si. Na primeira, situada às margens da rodovia, localizam-se os lotes familiares que ocupam área de 144,40 ha e uma pequena Área Comunitária medindo pouco mais de 6 ha. Na segunda área medindo aproximadamente 197,84 ha, situam-se três Áreas Comunitárias, a Agrovila e a Reserva Legal, esta última com 71,94 ha. O objetivo deste trabalho foi realizar o levantamento florístico e a análise fitossociológica da vegetação da Reserva Legal visando subsidiar futuras ações de manejo florestal. Para o levantamento florístico foram instaladas quatro parcelas amostrais de 200 m², aleatoriamente distribuídas, e o mais distante possível entre si, objetivando incluir todas as espécies arbóreas ocorrentes na vegetação estudada, uma vez que o objetivo principal deste estudo é conhecer a diversidade florística presente na área. De acordo com os resultados obtidos pôde-se averiguar que a densidade florística da Reserva Legal não é uma das mais variadas, apresentando apenas 14 espécies em toda a área estudada. Há predominância com mais de 60% dos indivíduos totais contabilizados de apenas duas espécies, Piptadenia stipulacea e Auxemma oncocalix.

Veja o artigo completo: PDF