Resumo Trabalho

ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DO EXTRATO DO SANATIVO® SOBRE BACTÉRIAS GRAM-POSITIVAS E GRAM-NEGATIVAS

LUANDA BÁRBARA FERREIRA CANÁRIO DE SOUZA, THEREZA MARINHO LOPES DE OLIVEIRA e orientado por MARIA JOSÉ DE BRITTO COSTA FERNANDES e orientado por MARIA JOSÉ DE BRITTO COSTA FERNANDES

O Sanativo® é um fitoterápico de uso tradicional no Nordeste Brasileiro, composto pela associação de extratos hidroalcoólicos de angico (Piptadenia colubrina Benth), aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi), camapu (Physalis angulata, Linné) e mandacaru (Cereus peruvianus, Miller). O objetivo deste estudo foi analisar a atividade antimicrobiana do extrato do Sanativo® em bactérias Gram-positivas e Gram-negativas. A análise foi feita pelo método de disco difusão, utilizando discos de papel impregnados com as concentrações 50 mg/mL, 100mg/mL e 170 mg/mL do extrato. Utilizou-se nos testes bactérias Gram-positivas (Staphylococcus aureus ATCC 25923, Enterococcus faecalis ATCC 29212, Staphylococcus epidermidis ATCC 1228, Bacillus cereus ATCC 11778, Staphylococcus aureus resistente à meticilina MRSA 112 e Staphylococcus spp. coagulase negativa) e Gram-negativas (Escherichia coli, Escherichia coli beta-lactamase de espectro estendido ESBL, Salmonella spp., Enterobacter spp., Klebsiella oxytoca, Klebsiella pneumoniae, Citrobacter freundii, Chromobacterium violaceum, Pseudomonas aeruginosa, Shigella sonnei, Shigella flexneri e Escherichia coli ATCC 25922).Os resultados revelaram atividade inibitória para as Gram-positivas. Em relação as bactérias Gram-negativas testadas, verificou-se inibição em apenas três espécies. Conclui-se que no fitoterápico Sanativo® há compostos com atividade antimicrobiana, e que estes foram capazes de inibir o crescimento de todas as bactérias Gram-positivas testadas, assim como de algumas bactérias Gram-negativas.

Veja o artigo completo: PDF