Resumo Trabalho

ATRIBUTOS BIOLÓGICOS INDICADORES DA QUALIDADE DE SOLO AFETADO POR SAIS NO PERÍMETRO IRRIGADO DE SÃO GONÇALO-PB

LUCAS PAZ AMORIM, DANIEL DE ALMEIDA CARREIRO, MAÍLA FALCÃO DOURADO e orientado por ADRIANA SILVA LIMA e orientado por ADRIANA SILVA LIMA

O uso dos recursos naturais tem-se constituído um tema de crescente relevância, em razão de interferências antrópicas nos ecossistemas. No bioma Caatinga, a fruticultura é considerada uma atividade como uma alternativa econômica de alta rentabilidade capaz de promover o aumento da disponibilidade de alimentos e oferta de empregos. Porém, essa atividade associada ao manejo inadequado da irrigação e baixa qualidade da água tem ocorrido a perda na qualidade do solo, ocasionando o processo da salinização. Apesar de encontrar informações sobre o comportamento de atributos indicadores de qualidade em diferentes ambientes e condições de manejo, são bastante escassas as informações disponíveis para as condições semiáridas, especialmente nas condições edafoclimáticas do Sertão Paraibano, sob o domínio do bioma Caatinga. Dessa forma, objetivou avaliar os atributos biológicos e bioquímicos indicadores da qualidade do solo afetados por sais de áreas produtoras de coco no perímetro irrigado de São Gonçalo-PB, no período chuvoso. O trabalho teve o desenvolvimento em áreas do Perímetro Irrigado do Açude de São Gonçalo, localizado próximo a cidade de Sousa-PB. O delineamento em blocos casualizado, em duas áreas estudadas, com quatro subáreas e três parcelas por área. As áreas do estudo foram definidas da seguinte forma: uma área moderadamente afetada por sais (AS), e uma área de Caatinga antropizada, com predominância de jurema Mimosa tenuiflora (Wild) Poir, e pouco afetada por sais, definida como área de referência (AR). Devido ao período de seca e racionamento de água do perímetro Irrigado de São Gonçalo, a coleta na área moderadamente afetada por sais, foi realizada onde anteriormente foi cultivado do coco. Os atributos avaliados foram respiração basal e o carbono da biomassa, método da irradiação/incubação, mensuração do C-CO2 produzido no solo e o coeficiente metabólico (qCO2) pela razão entre a taxa do primeiro com segundo atributo anteriores. Os dados foram submetidos à análise da variância aplicando-se o teste F a 5 % de probabilidade e comparadas pelo teste de Scott-Knott, a 5% de probabilidade. Os resultados da respiração da área afeta por sais (AS) com relação a área Preservada (AR), não tiveram diferenças. Os valores de carbono da biomassa microbiana diferiram nas duas áreas estudadas. A razão entre esses atributos, o coeficiente metabólico, apresentou diferença entre as áreas. Os atributos biológicos e bioquímicos indicadores da qualidade do solo, principalmente o quociente metbólico, foram afetados por sais de áreas cultivadas com coqueiro no perímetro irrigado de São Gonçalo-PB.

Veja o artigo completo: PDF