Resumo Trabalho

A POLÍTICA DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA À SAÚDE DO IDOSO NO SEMIÁRIDO: UM OLHAR NO TERRITÓRIO POTIGUAR

PATRÍCIA LEITE SANTOS e orientado por PROFESSORA DRA. MARIA IRANY KNACKFUSS e orientado por PROFESSORA DRA. MARIA IRANY KNACKFUSS

O envelhecimento é um processo natural que ocorre ao longo de toda a vida do ser humano, antes considerado um fenômeno social, hoje faz parte da realidade da maioria das sociedades e não deve ser tratado nem como doença nem tão pouco com preconceito. A pesquisa analisa a política de atenção á saúde especializada do idoso em municípios da 6ª região de saúde, localizada na Mesorregião do Oeste Potiguar do Rio Grande do Norte. Para o levantamento dos dados foi realizada uma entrevista semiestruturada com 03 secretários municipais de saúde, 08 profissionais de saúde (médicos e enfermeiros) e 17 idosos na faixa etária de 60 a 74 anos, nas cidades de Pau dos Ferros, São Miguel e Patú. Para a análise das informações coletadas utilizou-se o Software N-VIVO License Educational que permitiu uma avaliação qualitativa das respostas dos participantes da pesquisa, onde se verificou que às ações de saúde estão centradas na doença e na prática curativa; A oferta de consultas e exames básicos e/ou especializados não estão oportunizando melhoria na saúde do idoso; a infraestrutura dos serviços de saúde precisa ser compreendida para além da parte física; os intercâmbios existentes na 6ª região de saúde não atendem as diretrizes da PNSPI e os recursos aplicados para o funcionamento da rede de atenção especializada à saúde do idoso não estão de fato sendo tripartite. A partir do estudo das normas do Sistema Único de Saúde - SUS e da dinâmica territorial constatou-se um descompasso entre a política de atenção especializada a saúde do idoso estabelecida pelo SUS e a realidade da assistência à saúde prestada na região no que se refere às ações, oportunidades, infraestrutura, intercâmbios e recursos financeiros, nos permitindo concluir que existe uma fragilidade na estratégia de regionalização, dificultando o fortalecimento da Política de Atenção à Saúde Especializada do Idoso na 6ª região de saúde.

Veja o artigo completo: PDF