Resumo Trabalho

AS SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE ESPELHOS ESFÉRICOS: FAZENDO USO DO SOFTWARE MODELLUS X COMO FERRAMENTA EDUCACIONAL.

JULIO CÉSAR DE QUEIROZ SILVEIRA, ARTHUR SARMENTO DE SOUZA, IVALDY JOSÉ NÓBREGA BARRETO, JOSIVAN LINO DA SILVA e orientado por VALDENES CARVALHO GOMES e orientado por VALDENES CARVALHO GOMES

Notamos que hoje em dia é muito comum a utilização das tecnologias da informação e comunicação na contribuição para a prática educativa em qualquer nível de ensino. Entretanto, ela impõe modificações nos métodos de trabalho dos professores, gerando mudanças no funcionamento das instituições e no sistema educativo. Uma tecnologia de informação e comunicação educacional deve envolver algum tipo de objeto material, que faça parte das práxis educativas relativas ao processo de ensino com algum tipo de relação entre o professor-tecnologia e tecnologia-estudante. No nosso trabalho objetivamos investigar numa intervenção didática como uma simulação computacional interativa pode ajudar o ensino de um conteúdo de espelhos esféricos, dando prosseguindo em um projeto anterior, que seria de trabalhar óptica geométrica fazendo uso de simulações interativas para que venha a ser usado em todos os níveis de ensino. A intervenção didática foi uma proposta no decorrer dos estudos de uma das disciplinas da grade curricular do curso de Licenciatura em Física do Instituto Federal da Paraíba, na cidade de Campina Grande-PB, onde se vincula o auxílio de novas tecnologias para contribuir no ensino de física, tendo em vista projetos anteriores. Para a produção e execução dessa intervenção fizemos o uso do software Modellus X, como ferramenta na realização da simulação computacional interativa, promovendo desde a programação computacional de linguagem fácil e própria do software, a modelagem matemática, o estudo gráfico e a interface gráfica. Os resultados obtidos mostraram que podemos sim usar as simulações computacionais, em todas as áreas do conhecimento da física, como uma boa forma de expor seus conteúdos. Assim, a utilização de uma simulação computacional pode se constituir numa perspectiva de um ensino atraente, no entanto, deve ser feita de forma compatível com a metodologia de ensino a ser empregada.

Veja o artigo completo: PDF