Resumo Trabalho

ALTERNATIVAS PARA DESTINAÇÕES ADEQUADAS DA VINHAÇA NO SEMIÁRIDO NORDESTINO

MARÍLIA COSTA DE MEDEIROS, EDJA LILLIAN PACHECO DA LUZ, PATRÍCIA NAZARÉ FERREIRA DOS SANTOS e orientado por JEYSON BARRETO FERNANDES e orientado por JEYSON BARRETO FERNANDES

O setor agroindustrial da Cana de Açúcar vem gerando o desenvolvimento e o avanço da economia do Brasil a décadas, mas também, os impactos gerados devido os resíduos que resultam dos processos para o etanol e para o açúcar, é um problema para as indústrias sucroalcooleiras. Um dos grandes problemas é a vinhaça ou vinhoto, que é um resíduo, derivado do procedimento de destilação do álcool, com grande quantidade de matéria orgânica e rica em nutrientes, quando usado de forma racional para fertirrigação em solos agricultáveis, pode favorecer o solo, dando assim uma destinação adequada a este resíduo, mas que se usado em doses exageradas, pode desequilibrar as características físicas, químicas e biológicas do solo e por consequência disto, pode ocorrer potencialmente à contaminação/poluição do solo e das águas superficiais e subterrâneas (lençol freático). O presente trabalho tem como objetivo fazer uma revisão bibliográfica e avaliar a vulnerabilidade da utilização da vinhaça, a partir das analises literárias e dos efeitos da aplicação da mesma, nas diversas culturas, considerando também outras formas de descarte deste resíduo, que quando inadequada afetam o meio ambiente, e também corrobora para possíveis casos de contaminações devido os metais tóxicos que existem, tendo em vista que a vinhaça tem elevadas concentrações de nitrato, potássio e matéria orgânica. Deste modo, propondo alternativas ambientalmente adequadas para a melhor forma de reutilização deste resíduo, auxiliando o gerenciamento deste resíduo nas indústrias sucroalcooleiras. Contudo, trazendo muitos benefícios ao meio ambiente, através da proteção do solo e preservação dos recursos hídricos.

Veja o artigo completo: PDF