Apresentação

Anais II CONIDIS


As Regiões Semiáridas em suas especificidades climáticas desafiam o habitar para diferentes populações humanas que milenarmente vem ocupando esses espaços expressando relações de sociobiodiversidades bastantes peculiares. Os grupos humanos nestas regiões acumulam, portanto, saberes de experiências da convivência com e nesse ambiente que exigem conhecimentos próprios sobre a escassez, acesso e utilização dos recursos naturais disponíveis. Se as experiências humanas no(s) Semiárido(s) precisam ser (re)conhecidas, sistematizadas e discutidas, na busca de melhorias nas condições de vida, pelas pesquisas científicas, essas não podem prescindir daquelas. Compreende-se a necessidade de um diálogo franco, respeitoso e enriquecedor entre os saberes/conhecimentos e as pesquisas científicas para fomentar novas possibilidades frente aos desafios das experiências humanas no(s) Semiárido(s).