Resumo Trabalho

SISTEMA DE GARANTIA DE DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE: VIVÊNCIAS DE GRADUANDOS DE PSICOLOGIA

Autor(es): ANA CATARINA DA SILVA NÓBREGA, ADRIANA SOUSA SILVA, JOSINALDO FURTADO DE SOUZA, JULLYANNE ROCHA SÃO PEDRO

Tal trabalho objetiva relatar as vivências dos autores enquanto graduandos da disciplina de Práticas Integrativas II, pertencente ao curso de psicologia da Universidade Federal de Campina Grande, nas visitas a Delegacia da Infância e Juventude e ao Conselho Tutelar, refletindo-se acerca da atuação do psicólogo jurídico no sistema de garantia de direitos da criança e adolescente. Este trabalho é de caráter descritivo, com abordagem qualitativa acerca do relato de experiência dos autores, utilizando da revisão literária acerca do sistema de garantia de direitos da criança e adolescente, da rede de proteção, da inserção da psicologia no campo do direito e das noções de infância e adolescência. Como resultados e discussão obteve-se ênfase na percepção dos locais pelos autores acerca da atuação da psicologia nestes espaços, assim como as orientações do Conselho Federal de Psicologia – CFP e o Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA. Por fim, concluiu-se que a rede ainda se apresenta falha e a atuação da psicologia jurídica vai além dos psicodiagnósticos e dos laudos psicológicos, detendo-se a uma rede de apoio e de proteção à criança e ao adolescente. Verificou-se que nos espaços visitados esteve-se ausente a figura do profissional de psicologia, porém, a psicologia se fez presente em ambos, sendo ainda suas atribuições mal conhecidas perante o público e pelos operadores do direito. Por fim, aferiu-se que a psicologia é uma profissão orientada pelos Direitos Humanos, devendo ser reconhecida pelo campo do direito, pois, ambos trabalham por uma sociedade mais justa e inclusiva.

Veja o artigo completo: PDF