Resumo Trabalho

FITOTERÁPICOS MANIPULADOS EM UMA COMUNIDADE URBANA DO MUNICÍPIO DE JABOATÃO DOS GUARARAPES/PE: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autor(es): ISABELA FERREIRA DA SILVA, MITLENE KALINE BERNARDO BATISTA e orientado por ANA SIBELE DE CARVALHO MENDES

O termo fitoterapia foi dado à terapêutica que utiliza os remédios cujos constituintes ativos são plantas ou derivados vegetais, e que tem sua origem no conhecimento e uso popular. Neste trabalho, será realizado um estudo a respeito de fitoterápicos manipulados a partir de plantas medicinais, baseado em uma comunidade urbana de Muribeca, que possui um Centro de Saúde Alternativo (CESAM), onde o mesmo faz parte da Associação dos Manipuladores de Remédios Fitoterápicos Tradicionais Semi-artesanais do Estado de Pernambuco (AMARFITSA) uma entidade jurídica de Direito Privado, sem fins lucrativos, que foi criada em novembro de 2009. O Centro é comandado por senhoras donas de casa, que se dividem entre os cuidados, cultivo das plantas medicinais, manipulação e comercialização para fins terapêuticos no próprio laboratório do espaço. Com essa experiência, pretendo somar informações do CESAM a rede de saúde do município, na tentativa de fortalecer as Políticas de Práticas Integrativas e Complementares de Saúde (PICS) em Jaboatão, que no momento encontram-se paradas. Listar as plantas utilizadas e quais suas indicações terapêuticas; Identificar a oferta de produtos manipulados no CESAM; Contribuir para o crescimento das PICS do Município são os objetivos deste estudo. Trata-se de uma pesquisa descritiva que busca explorar a produção de fitoterápicos manipulados a partir de plantas medicinais, discutindo suas alegações e demandas com abordagem qualitativa, do tipo Sistematização de Experiência. Com essa prática espera-se notar a potência do conhecimento farmacoterapêutico, facilitando trocas de experiências promovendo maior envolvimento do usuário em seu tratamento, estimulando sua autonomia e corresponsabilização. As PICS podem promover revitalização e valorização do conhecimento popular/tradicional do uso medicinal de plantas e fitoterápicos pelas comunidades, melhorando os cuidados com a saúde, aumentando a autoestima dos indivíduos e do coletivo.

Veja o artigo completo: PDF