Resumo Trabalho

O MÉTODO DE MASSAGEM SHANTALA NO BEBÊ E SEUS BENEFÍCIOS: IMPORTÂNCIA E CONTRIBUIÇÕES À LUZ DA LITERATURA

Autor(es): NYCARLA DE ARAUJO BEZERRA, ANA PAULA GOMES DE MEDEIROS, JHÉSSICA RAWANE ARAÚJO DE MEDEIROS, ANA QUITERIA ISMAEL CARVALHO DO NASCIMENTO

A Shantala é uma técnica de massagem oriunda da Índia, transmitida de geração em geração, trazida para o ocidente pelo Obstetra francês Leboyer. Diversos autores afirmam que a prática da massagem em bebês traz inúmeros benefícios tanto para a mãe quanto para a criança. Nos primeiros meses de vida, estar bem próximo à mãe tem enorme importância, para o desenvolvimento sadio, mental, emocional e físico, a técnica favorece um canal de comunicação entre mãe e bebê. Neste sentido, esse estudo teve por objetivo geral, sumarizar o conhecimento científico publicado em periódicos de Enfermagem, entre os anos de 2007 e 2017, acerca da importância e das contribuições que a Shantala trás tanto para o bebê como para a mãe. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, a partir de dados da Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Base de Dados de Enfermagem (BDENF) e na biblioteca eletrônica Scientific Eletronic Library Online (SCIELO). Foram utilizados os seguintes descritores “Toque terapêutico” “ Relações mãe-filho” e “Saúde da Criança”. Realizados os pareamentos através do operador booleano AND para expandir as possibilidades de busca entre os descritores chegou-se a um total de 5 artigos. Como critérios de inclusão, foram delimitados os artigos disponíveis na íntegra no período de 10 anos (2007-2017) nos idiomas, inglês, português e espanhol. Ao término deste trabalho foi possível verificar que a massagem Shantala promove melhora no que se referem ao comportamento físico e emocional das crianças.

Veja o artigo completo: PDF