Resumo Trabalho

IMPLANTAÇÃO DA FARMÁCIA VIVA EM PARELHAS-RN

Autor(es): FABIANO DA SILVA MORAIS, KATIA BRANDÃO CAVALCANTI

O município de Parelhas-RN através da Secretaria Municipal de Saúde visando à promoção do Uso Racional das Plantas Medicinais e Fitoterápicos na Atenção Primária, considerando o resgate do conhecimento popular e uma nova opção terapêutica no SUS, aponta como alternativa, conforme a portaria Nº 886/ 2010 do Ministério da Saúde a implantação da Farmácia Viva no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O projeto aponta o resgate e valorização da cultura popular no que se refere à utilização dos vegetais na perceptiva do acesso aos benefícios da flora medicinal, a orientação à comunidade em relação ao uso correto e a manipulação artesanal das plantas, em consonância com a Política Nacional de Saúde, a Política Nacional de Assistência Farmacêutica e a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS.As plantas medicinais e a fitoterapia retrata as lembranças/inspirações do ilustre professor Dr Matos-CE, ao mesmo tempo a ideia de implantação da FARMÁCIA VIVA l no municipio, uma vez que aqui no RN não estamos com Farmácia Viva ativa para suporte até o momento. Por intermédio das redes sociais criouse contatos com o município de Sobral-CE para suporte didático e experiências, inclusive possibilitou recentemente, visita técnica aos hortos(área de plantio das mudas) em Sobral ,no qual foi viabilizado materiais para os estudos na área e mudas de plantas catalogadas.Segundo Matos, o bom funcionamento do programa requer a função da colaboração de três profissionais, cujas atividades nessa área são complementares: o medico responsável pelo diagnostico e orientação do tratamento; o farmacêutico pela identificação das plantas e orientação desde a sua coleta a preparação e controle de qualidade dos remédios fitoterápicos; e o agrônomo pelas orientações de boa utilização do cultivo e preparo das mudas (Matos, 2002).No projeto estamos com o apoio da Secretaria de Saúde, Secretaria de Agricultura, e Secretaria de Obras do município de Parelhas, no qual já conseguimos o espaço físico ”O V Ch z” nessa localidade, ainda o suporte do Laboratório de Práticas Integrativas e Complementares do SUS- (LAPICS-UFRN) e a Univerdade Federal do Ceará.

Veja o artigo completo: PDF