Resumo Trabalho

ANÁLISE DOS BENEFÍCIOS DAS DANÇAS CIRCULARES NA PROMOÇÃO DA SAÚDE DO IDOSO NA ATENÇÃO BÁSICA

Autor(es): MARIA ALINA MENESES DA SILVA, NATÁLIA LARISSA LUNA DE OLIVEIRA, MAYSA TEIXEIRA DE ANDRADE, RAISSA BEZERRA BARROS

TÍTULO: ANÁLISE DOS BENEFÍCIOS DAS DANÇAS CIRCULARES NA PROMOÇÃO DA SAÚDE DO IDOSO NA ATENÇÃO BÁSICA. Palavras Chaves: Danças circulares, Atenção básica, Saúde do Idoso, Enfermagem na Atenção a Saúde do Idoso. INTRODUÇÃO: Durante as últimas décadas, o Brasil tem-se destacado pelo alto índice de crescimento da população acima de 60 anos, sendo os idosos o segmento que mais cresce. No âmbito da velhice, o bem-estar está relacionado à manutenção da autonomia, a qual pode ser percebida no desempenho das atividades diárias. Por meio da ação grupal, realizada muitas vezes por equipes multiprofissionais da atenção primária, é possível o reconhecimento das necessidades subjetivas e coletivas do indivíduo, o que permite a construção do cuidado em saúde. Tendo em vista a construção de práticas corporais voltadas à saúde de pessoas em processo de envelhecimento e idosas.OBJETIVO:Descrever a atuação da equipe multidisciplinar na promoção da saúde do idoso na atenção primária, fundamentando-se na análise dos benefícios das danças circulares.METODOLOGIA: Trata-se de um estudo realizado por meio de uma revisão bibliográfica. A pesquisa foi realizada na Biblioteca virtual de saúde, a base de dados escolhida foi LILACS. Foram encontrados 25 artigos, destes foram filtrados os que tinham textos completos e escritos em português. Foram lidos os resumos e escolhidos 5 artigos que tratam da promoção da saúde do idoso na atenção primária.RESULTADOS: De um ponto de vista anatômico e fisiológico o envelhecimento é caracterizado por limitações na capacidade de cada sistema em manter o equilíbrio do organismo, esses aspectos podem ser identificados através de alterações internas e externas. O profissional da área da saúde deve realizar atividades de educação em saúde e proporcionar atividades que incluam a integralidade biológica, social, cultural, psicológica e espiritual, com o intuito de restaurar e fortalecer a autonomia e a independência, se faz necessário uma equipe multidisciplinar no domínio da atenção básica. Com implementação das praticas integrativas e complementares em saúde (PICS) no SUS, foi oportunizando a criação de grupos para realização de atividades coletivas com a população idosa.Dentre as PICS as danças circulares aparecem como uma alternativa de trabalho coletivo possibilitando uma maior interação entre os idosos. CONCLUSÃO: As práticas corporais, como por exemplo, as danças circulares, são alternativas de promoção da saúde e prevenção de doenças que visam superar o modelo biomédico. Tais estratégias fazem parte das Políticas Nacionais de Saúde do Idoso (PNSI), que buscam assegurar os direitos sociais do idoso.

Veja o artigo completo: PDF