Resumo Trabalho

CENTRO DE REFERÊNCIA EM PRÁTICAS INTEGRATIVAS EM SAÚDE - CERPIS - RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autor(es): MARCOS DE BARROS FREIRE JÚNIOR, PEDRO HENRIQUE SOARES SOUZA DE SOUZA

O CERPIS é uma Unidade Básica de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES/DF). Tem como objetivo principal a oferta das práticas integrativas na atenção primária à saúde, com ênfase na promoção da saúde, na educação popular, em atendimentos com visão integral do ser humano e da natureza, na distribuição de mudas e plantas medicinais e na manipulação de fitoterápicos segundo o modelo Farmácia Viva, na formação de servidores da saúde, no matriciamento das equipes da Estratégia Saúde da Família, na pesquisa e na cooperação com entidades afins. Teve início em 1983, com o plantio de um pequeno canteiro de plantas medicinais oriundas da coleção do Professor Jean Kleber da Universidade de Brasília e o apoio do raizeiro Sr. Lordelo, no cultivo das plantas e no acolhimento da comunidade e orientações sobre o uso das plantas medicinais. Desenvolveu-se com a participação popular, ampliação dos canteiros medicinais e construção de locais apropriados para atendimentos multiprofissionais nas áreas de fitoterapia, acupuntura, homeopatia, medicina e terapias antroposóficas, automassagem, tai chi chuan, lian gong, shantala, reiki, meditação, psicoterapia, autoconhecimento, medicinas naturais, entre outras Práticas Integrativas em Saúde (PIS) e a realização de diversas oficinas educativas de promoção da saúde. O CERPIS recebe a colaboração de várias entidades comunitárias e governamentais. A nível central da SES/DF, está articulado com a Gerência de Práticas Integrativas em Saúde (GERPIS) responsável pela implementação da Política Distrital de Práticas Integrativas em Saúde no Sistema Único de Saúde do DF, em consonância com a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do Ministério da Saúde, e em conjunto com outras Políticas Nacionais como as de Fitoterapia, Promoção da Saúde, Educação Popular, Humanização e Atenção Básica. Atualmente, o CERPIS realiza, aproximadamente, 30 mil atendimentos por ano entre atendimentos individuais e em grupos educativos. A Portaria nº 77 da SES/DF, de 14 de fevereiro de 2017, que estabelece a Política de Atenção Primária à Saúde do Distrito Federal, fundamentada na Estratégia Saúde da Família, inclui na sua organização administrativa o CERPIS, como Unidade Básica de Práticas Integrativas e Promoção da Saúde (UBS PIS), e sua equipe multiprofissional, como promotora das Práticas Integrativas em Saúde (PIS) nos diversos níveis do sistema de saúde, prioritariamente na Atenção Primária à Saúde (APS). Pelo conjunto dessas ações, o CERPIS foi premiado na IV Mostra Nacional de Experiências em Atenção Básica/Saúde da Família, promovida pelo Ministério da Saúde, entre os cem melhores relatos a serviço da Estratégia Saúde da Família, de um total de 1.380, publicado na Revista Brasileira Saúde da Família, número 37, jan/abr 2014, na temática Práticas Integrativas e Complementares na Atenção Básica.

Veja o artigo completo: PDF