Resumo Trabalho

OFICINA DE AUTOCUIDADO: AS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NA PROMOÇÃO DA SAÚDE DA PESSOA IDOSA

Autor(es): PÉRSIDA GOMES DE SOUZA ROCHA, BIANCA NUNES GUEDES DO AMARAL ROCHA, VERBENA SANTOS ARAÚJO, ROSANE DA SILVA CRUZ e orientado por BIANCA NUNES GUEDES DO AMARAL ROCHA

O envelhecimento é um processo natural e irreversível que gera várias mudanças físicas e psíquicas no corpo, decorrente de fatores metabólicos e hábitos de vida de cada indivíduo. O envelhecimento ativo é uma recomendação para as políticas públicas de saúde, otimizando oportunidades de saúde afim de aumentar a qualidade de vida conforme os indivíduos entram no processo biológico de envelhecimento. As práticas coletivas e individuais com ênfase na promoção da saúde e na atenção humanizada trazem inúmeros benefícios durante o processo de envelhecimento, propiciando independência funcional para o idoso, pois à medida que o tempo passa, a atividade física se torna imprescindível para a manutenção da capacidade funcional. Esta proposta de pesquisa tem como objetivo identificar as mudanças físicas e psicológicas adquiridas pelos participantes da Oficina de Autocuidado: as práticas integrativas e complementares na promoção da saúde da pessoa idosa que será realizada na Vila de Ponta Negra, localizada na cidade de Natal-RN. A referida Oficina se constitui de encontros quinzenais com a realização de práticas integrativas e complementares em saúde que atendam às necessidades desta faixa etária e que contribuam para a melhoria da qualidade de vida, possibilitando ao idoso a aquisição de autonomia com a finalidade de desenvolver a capacidade para o autocuidado. Para tanto, serão realizadas atividades como: exercícios de alongamentos, automassagem, orientações posturais, técnicas de relaxamento e vivências lúdicas. Os encontros envolvem práticas coletivas e individuais com ênfase na promoção da saúde que colaboram na prevenção dos desequilíbrios energético-funcionais e/ou redução das limitações existentes. É utilizado o grupo focal, enquanto técnica de coleta de dados, e para análise dos dados, será utilizada a análise de discurso de Bardin. Espera-se que através da realização de práticas integrativas e complementares em saúde na promoção da saúde da pessoa idosa, seja possível facilitar aos idosos melhorias na qualidade de vida e aquisição de autonomia para desenvolver a capacidade para o autocuidado, além de contribuir para o campo da pesquisa e da prática interdisciplinar em saúde.


Veja o artigo completo: PDF