Resumo Trabalho

CISTO OVARIANO FOLICULAR, DISMENORREIA SECUNDÁRIA E TRATAMENTO ENERGÉTICO ATRAVÉS DA ACUPUNTURA: RELATO DE CASO

Autor(es): MÁRCIA FARIAS DE OLIVEIRA, ANDRÉA MARIA ALVES VILAR, ALEX CORRÊA DE MACEDO e orientado por ALEX CORRÊA MACEDO

Cisto no ovário é qualquer acúmulo de fluidos envolvidos por uma parede fina, formado quando não ocorre ovulação. Cisto ovariano folicular é a causa mais comum de dismenorreia secundária. Tratamento com acupuntura pode ser considerado muito valoroso nestes quadros, onde a resposta ao tratamento com anti-inflamatórios não hormonais e anticoncepcionais orais pode ser mínima ou ausente. Relato de experiência de tratamento de dismenorreia secundária ligada a cisto ovariano folicular com Acupuntura Sistêmica. Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, com desenho de relato de caso clínico (case report). Como participante, mulher jovem com história de dismenorreia secundária moderada, irregularidade menstrual e cisto ovariano folicular, submetida a tratamento com recursos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) em um ambulatório de um curso de pós-graduação do Rio de Janeiro. Após imersão teórica e realização de uma revisão integrativa sobre o tema, uma estratégia terapêutica foi traçada, sob a orientação d professor. O tratamento foi idealizado para durar três ciclos mestruais. Inicialmente foi prescrita uma combinação de pontos, a ser seguida por 10 semanas, duas sessões por semana, intercalando abertura de vasos maravilhosos e punctura nos canais principais nas sessões ímpares e uso de Back Shu nas sessões pares, seguindo o princípio Ben Biao. A paciente apresentou menstruação entre a terceira e quarta semanas de tratamento. Referia cólicas leves. Entre a sétima e oitava semana apresentou novo ciclo menstrual e o número de agulhas foi reduzido. Foram mantidas as sessões até o próximo ciclo, o que ocorreu em 30 dias. Após 12 semanas, a paciente não apresentava mais ausência menstrual nem dismenorreia incapacitante. Ultrassonografia realizada posteriormente detectou ausência de cistos em ovários. Para e mover o Qi e o Sangue, resolver a umidade e cessar a dor (dismenorreia), atuando nos ZangFu envolvidos, o tratamento instituído envolveu duas combinações de pontos distintas: vasos maravilhosos e pontos de meridianos principais / back-shu e ponto extra. No caso estudado, o uso de Acupuntura se mostrou alternativa eficaz e segura no controle da dismenorreia secundária ligada a cisto folicular.

Veja o artigo completo: PDF