Resumo Trabalho

O USO DA LUDOTERAPIA EM CRIANÇAS HOSPITALIZADAS

Autor(es): DIANA KADIDJA DA COSTA ALVES, FRANCISCO EWERTON DOMINGOS SILVA e orientado por HENNES GENTIL ARAUJO

Resumo Introdução: Durante o período de internação, o dia-a-dia do paciente é alterado e para um ser tão frágil como a criança tudo se torna pior, com isso o uso da ludoterapia no hospital torna-se um método no processo de adaptação hospitalar. O uso dessa técnica no hospital torna-se um método no processo de adaptação da criança, diante de mudanças que acontecerão no momento em que ela é sujeita à internação. Portanto a ludoterapia originou-se para ajudar a esse público infantil na fase de aceitação do processo de hospitalização. Um ambiente muito utilizado é a brinquedoteca, se mostra ser um local lúdico, do qual a criança pode brincar com suas fantasias, seus medos e tudo o que ela desejar no seu mundo imaginário. No Brasil é usado o palhaço, técnicas musicais, fantoches, marionetes, mágicas, mímica, malabares e leitura de histórias. Estas técnicas, em sua maioria, fazem parte do repertório, prevalecendo nas abordagens desse tratamento por parte dos atuantes. Objetivo: Este trabalho tem como objetivo embasar cientificamente sobre as técnicas e os benefícios da ludoterapia no ambiente hospitalar. Métodos: Trata-se de um estudo de revisão com base em artigos em Português, Espanhol e Inglês, o número de artigos encontrados foram de 19 artigos destes apenas 9 estavam dentro dos critérios de inclusão e exclusão. Discussão: Consideram o brinquedo muito importante para a criança hospitalizada, pois, além de proporcionar-lhe oportunidade de reorganizar sua vida, seus sentimentos e diminuir sua ansiedade, lhe permite que realize, em parte, aspectos normais de sua vida. O brinquedo tem também função curativa pois atua como "válvula de escape" conduzindo assim à diminuição da ansiedade. Resultados: A ludoterapia tem importante atuação na recuperação da criança hospitalizada uma vez que reduz a ansiedade, promove a integração e a adaptação da criança com o ambiente hospitalar. Conclusão: Conclui-se que a ludoterapia no ambiente hospitalar é bastante eficaz como conduta ou auxílio de tratamento desses indivíduos.

Veja o artigo completo: PDF