Resumo Trabalho

ATIVIDADE HEMOLÍTICA E ANTIOXIDANTE DE PLANTA MEDICINAL DO DOMÍNIO CAATINGA: AMBURANA CEARENSIS (FABACEAE)

Autor(es): MARCIA VANUSA DA SILVA, JOÃO VICTOR DE OLIVEIRA ALVES, JANDERSON WEYDSON LOPES MENEZES DA SILVA, ALEXANDRE GOMES DA SILVA e orientado por MARIA TEREZA DOS SANTOS CORREIA

Amburana cearenses conhecida popularmente como cerejeira ou amburana- de- cheiro. A espécie apresenta ampla distribuição na América do Sul, sendo característica de florestas Estacionais. Também ocorre em Floresta Estacional Semidecidual, restritas aos afloramentos rochosos ou calcários, em floresta Estacional Decidual Submontanha, em floresta Ombrófila Densa (Mata Atlântica) até na Caatinga/ Mata seca. O extrato aquoso da Amburana cearenses foi testado para verificação da presença da atividade hemolítica e antioxidante. Hemaglutinação para eritrócitos humanos coletados de pessoas com a presença de sangue O+. Frente aos testes, a Amburana cearenses apresentou resultados significativos para atividade hemolítica e para atividade antioxidante já que os agentes antioxidantes são reconhecidos por bloquear a evolução e no combate aos sintomas, desencadeados pelas doenças associadas ao estresse oxidativo. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito tóxico da Amburana cearenses através do ensaio de toxicidade in vitro da atividade hemolítica do seu extrato bruto aquoso e atividade antioxidante.

Veja o artigo completo: PDF