Resumo Trabalho

ACUPUNTURA E DOR LOMBAR: RELATO DE CASO

Autor(es): KRISTIANA CERQUEIRA MOUSINHO, IVANILDE MICIELE DA SILVA SANTOS , KELLY GUEDES DA SILVA, BARBARA VIRGÍNIA DE LIMA E SILVA SANTOS e orientado por MICHELLE DA SILVA OLIVEIRA

Introdução: Nas últimas décadas a ocorrência de lombalgia tem aumentado significativamente na população Brasileira. Em geral, essa patologia está associada a alterações mecânicas da coluna vertebral e que pode ser beneficiada pela técnica da acupuntura, com estímulos nos acupontos. Portanto o objetivo deste estudo é descrever através de relato de caso os benefícios da acupuntura no tratamento da dor lombar. Metodologia: A paciente participou da disciplina de vivência em acupuntura, do curso de Biomedicina em 2016.2. T.E.S.C., 40 anos, relatou que sofre de dores na coluna há anos, especialmente na região lombar. Além de tendinite no ombro esquerdo, depressão e tristeza. Diante do caso, foram estimulados os pontos Yintang, VG20, P7, IG4, E36, R6, R7. Na aurículo foram estimulados os pontos Shen Men, Rim, SNV, região lombar e ombro. Além do uso de ventosa na região lombar e moxa no IG4, R6 e E36. Resultados e Discussão: Foram realizadas 5 sessões, 1 vez por semana. A paciente relatou melhora progressiva nos sintomas relatados, chegando a 100% de resposta nos quadros de dor da lombar e ombro. Para os sintomas de tristeza e depressão a melhora foi 80% até a última sessão. A acupuntura é considerada uma terapia que deve ser usada como única forma de tratamento como também em conjunto com a intervenção convencional sem prejuízos a saúde. Vários estudos mostram o benefício da terapia para vários tipos de dor inclusive a lombar, onde o mecanismo de ação basea-se na ação da acupuntura na neurofisiologia da dor, gerando um estímulo nas terminações nervosas que vai para o Sistema Nervoso Central (SNC), liberando β-endorfinas (analgésicos), cortisol (anti-inflamatório) e serotonina (antidepressivo) na corrente sanguínea. Conclusões: Os resultados apontam que as técnicas usadas neste caso proporcionaram uma melhoria no alívio da dor, além da redução dos quadros de tristeza e depressão.

Veja o artigo completo: PDF