Resumo Trabalho

VIVÊNCIAS EM ARTETERAPIA COM PACIENTES ONCOLÓGICOS DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROFESSOR ALBERTO ANTUNES - HUPAA

Autor(es): QUITÉRIA SILVA DO NASCIMENTO TORRES, THALINE BARBOSA E SILVA, MARIA EDNA BEZERRA DA SILVA, GERUSA GONÇALVES DE LEMOS

O processo de implantação do SUS, no Brasil tem contemplado diferentes propostas de mudanças no olhar sobre a saúde com vista a integralidade da assistência, incluindo para isso práticas integrativas em saúde como a acunpuntura, homeopatia, fitoterapia e arteterapia. A arteterapia possibilita a expressão de conteúdos subjetivos, muitas vezes difíceis de serem verbalizados. A importância do processo expressivo se sobrepõe à preocupação com a estética do trabalho. É utilizada com diversos públicos em contextos variados, podendo ser desenvolvida em trabalhos individuais ou em grupo. Várias experiências da utilização da Arteterapia com pacientes com câncer, gerando diversos benefícios apontam para a consolidação do seu uso. Este trabalho trata de uma experiência em Arteterapia, realizada com grupo de pacientes com câncer, durante sessões de quimioterapia no Centro de Oncologia (CACON) do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA), em parceria com o Núcleo de Saúde Pública (NUSP) da Faculdade de Medicina (FAMED) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), visando proporcionar bem-estar, diminuir o estresse e a ansiedade, diminuir o tempo ocioso tornando o processo mais leve, mais humanizado. As vivências de Arteterapia foram realizadas com pacientes e acompanhantes durante as sessões de quimioterapia nos meses de abril, maio e julho de 2017, contando com a participação de uma média de 20 (vinte) pessoas (pacientes e acompanhantes) em cada uma. Foram realizadas três sessões com duração de duas horas cada, com as seguintes etapas: Apresentação da proposta de atividade, fazendo um convite à participação; leitura de texto, conto ou história para sensibilização, seguida de algumas perguntas que evidenciasse o entendimento; orientação para a realização da atividade; Fechamento com a partilha da experiência. Durante as sessões utilizou-se um fundo musical para auxiliar na concentração e relaxamento. As modalidades utilizadas foram: técnica utilizando fios (costura) e técnica de colagem (revistas). O trabalho desenvolvido indica que a utilização da arteterapia durante as sessões de quimioterapia pode trazer beneficios aos pacientes e seus acompanhantes, promovendo bem-estar e relaxamento, tornando o tempo de espera mais produtivo, colaborando para a melhora do estado de ânimo, estimulando o autoconhecimento e aumento da autoestima, entre outros. Acreditamos na importância da continuidade da utilização desse recurso, como forma de colaborar na humanização da assistência e na atenção integral dos pacientes. Faz-se necessário a realização de mais estudos que avaliem os efeitos da arteterapia para os pacientes e acompanhantes, como forma de incentivar a inserção e consolidação dessa terapia nos serviços de saúde.

Veja o artigo completo: PDF