Resumo Trabalho

VÍDEO SUBSIDIA FORMAÇÃO EM PICS

Autor(es): THIAGO LEITE BATISTA, CLAUDIA SPINOLA LEAL COSTA, LARISSA LEITE BATISTA , MARCUS VINICIUS LEITE BATISTA

VÍDEO SUBSIDIA FORMAÇÃO EM PICS MARCUS VINICIUS LEITE BATISTA¹ CLAUDIA SPINOLA LEAL COSTA², THIAGO LEITE BATISTA¹, LARISSA LEITE BATISTA¹. 1- Movimento Popular de Saúde do Estado de Sergipe – movpopsaude@gmail.com 2-ANEPS (Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde- s.claudia76@gmail.com Introdução: Este trabalho pretende apresentar as trajetórias de formação em práticas integrativas e complementares de Saúde conduzidas pelo Movimento Popular de Saúde (MOPS) e Articulação Nacional de Educação Popular em Saúde (ANEPS/SERGIPE), em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS). Foram desenvolvidos cursos de extensão, oficinas e workshops em fitoterapia, reiki, auriculoacunputura, massoterapia, dentre outros. A proposta dessas experiências formativas está alinhada à Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC's) e tem como perspectiva metodológica os princípios da Política Nacional em Educação Popular em Saúde (PNEPS/SUS). Nesse sentido, tal trajetória tem promovido outros modos de pensar e fazer saúde, pautados na educação popular, integralidade e valorização dos saberes tradicionais. Para tanto, enquanto recurso metodológico apresentará um documentário produzido a partir dessas experiências que relatam as trajetórias de cuidado. O objetivo é produzir problematizações frente à formação, utilizando o recurso audiovisual como ferramenta mobilizadora de debates e reflexão a partir do registro da nossa história. Objetivos: O objetivo é produzir problematizações frente à formação, utilizando o recurso audiovisual como ferramenta mobilizadora de debates e reflexão a partir do registro da nossa história. Metodologia: O vídeo se apresenta como um documentário produzido a partir de experiências que relatam as trajetórias de cursos realizados em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, Movimento Popular de Saúde do Estado de Sergipe e a ANEPS ( Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde). A utilização do material é realizada em eventos tais como seminários, encontros, rodas de conversas, após a apresentação do vídeo promove-se o debate e a discussão pautados na educação popular, integralidade e valorização dos saberes tradicionais. Resultado: Foram desenvolvidos cursos de extensão, oficinas e workshops em fitoterapia, reiki, acupuntura auricular, massoterapia, dentre outros. A proposta dessas experiências formativas está alinhada à Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC's) e a Política Nacional de Educação Popular em Saúde. Já são oito anos de cursos, em média de duzentos alunos anualmente. E são vários municípios que já vem desenvolvendo essas práticas nas unidades de saúde. Conclusão: O material de comunicação contribui sobremaneira com a disseminação e implementação das Práticas Integrativas e Complementares, gerando motivação e expectativas que se transformam em ação para implantação dessas práticas nos serviços de saúde. Referências Bibliográficas: MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria Nº 2.761, de 19 de Novembro de 2013 Institui a Política Nacional de Educação Popular em Saúde no Âmbito do Sistema Único de Saúde (Pneps-SUS). http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt2761_19_11_2013.html MINISTÉRIO DA SAÚDE. Resolução n° 11, de 17 de janeiro de 2017 que estabelece o Plano Operativo (PO) PNEPS-SUS. http://portalsaude.saude.gov.br/index. Php/o-ministerio/principal/secretarias/sgep/sgep-noticias/27370-politica-nacional-de-educacao-popular-em-saude-tem-plano-operativo-aprovado COMUNICAÇÃO E SAÚDE. Araújo IS, Cardoso JM. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2007. 152 p. (Coleção Temas em Saúde). ISBN: 978-85-7541-125-4 CAD. SAÚDE PÚBLICA vol.24 no. 5 Rio de Janeiro May 2008 http://dx.doi.org/10. 1590/S0102-311X2008000500032 Palavra chave: Educação Popular em Saúde, Formação em PICS e Comunicação em Saúde.

Veja o artigo completo: PDF