Resumo Trabalho

IMPACTOS DO LIAN GONG EM 18 TERAPIAS SOBRE PARÂMETROS VITAIS CLÍNICOS E DOR AUTORREFERIDA

Autor(es): ALANE JUSCENÍ MENEZES CORDEIRO, ELIANE DE SOUSA LEITE, EWERTON JOSÉ DE SOUZA MACIEL e orientado por MARIA ROSILENE CÂNDIDO MOREIRA

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é regulamentada no cenário brasileiro como Política do Sistema Único de Saúde, sendo Lian Gong (LG) uma de suas práticas. São exercícios corporais para prevenir e tratar doenças e promover saúde. Nesse sentido, objetivou-se conhecer o impacto sobre a saúde do trabalhador do Lian Gong em 18 Terapias sobre parâmetros vitais clínicos e dor autorreferida. Trata-se de estudo quase-experimental, quantitativo, de intervenção, com 15 prestadores de serviços de uma universidade pública. Foram utilizados dois instrumentos de coleta de dados, sendo um para avaliação dos parâmetros clínicos e um para registro de queixas de dor osteomuscular relacionada ao trabalho (Diagrama de Corlett – DC). A presente pesquisa só foi iniciada após o recebimento do parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Cariri sob número de parecer: 126.461. Os encontros para prática do LG foram realizados no próprio local de trabalho, ao final da jornada, três vezes por semana, durante dois meses, totalizando 40 seções, que ocorreram no período de março a maio de 2015. Foram efetuadas avaliações clínicas e aplicação do Diagrama de Corlett nas situações pré e pós LG. As variáveis analisadas foram: pressão arterial (PA), peso (PESO), pulso (P), frequência cardíaca (FC), respiratória (FR), saturação de oxigênio (SAT O2) e intensidade e localização de queixas álgicas osteomusculares. Os dados obtidos foram analisados no programa estatístico SPSS versão 22.0, submetidos a estatística descritiva e Teste de Postos Sinalizados de Wilcoxon, sendo considerados significantes quando p

Veja o artigo completo: PDF