Resumo Trabalho

USO E INDICAÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS POR PROFISSIONAIS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DA CIDADE DE CUITÉ/PB

Autor(es): CAMILA FIRMINO DE AZEVEDO, BENEDITO MARINHO DA COSTA NETO

Mesmo com o avanço da medicina moderna na maior parte do mundo, é necessário que os profissionais de saúde estejam capacitados sobre a utilização das plantas medicinais e dos medicamentos fitoterápicos para uma maior intervenção na atenção primária à saúde da população. Dessa forma, objetivou-se avaliar o uso e a indicação de plantas medicinais por profissionais do SUS (Sistema Único de Saúde) na cidade de Cuité/PB e além disso, orientá-los quanto à utilização racional e importância da indicação correta dessas espécies para promoção da saúde. Para coleta dos dados foram realizadas entrevistas com 20 profissionais de saúde do SUS da cidade de Cuité/PB, participantes de um curso de capacitação sobre fitoterapia e sua importância para o SUS. Durante as entrevistas, os profissionais da saúde responderam a um questionário semiestruturado que continha perguntas principalmente acerca da utilização e indicação das plantas medicinais para os pacientes. Na oportunidade foram entrevistados 3 homens e 17 mulheres, com idades entre 22 e 67 anos, das seguintes profissões: odontólogo (15%), cirurgião dentista (15%), nutricionista (15%), enfermeiro (35%), fisioterapeuta (5%), médico (5%), psicólogo (5%) e estudante de nutrição (5%). Destes, 55% afirmou trabalhar apenas na zona urbana, 20% apenas na zona rural e 25%, na zona urbana e rural; e 70% disse que atuava na Estratégia de Saúde da Família – ESF, 25% no Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF e 5% como estagiário. Os participantes foram questionados se já tinham utilizado plantas medicinais e 95% respondeu que sim. A grande maioria dos entrevistados disse que a utilização das plantas medicinais deu resultado e que indica o uso delas (75%) para pacientes (35%), familiares (50%) e amigos (40%). Foram citadas 23 espécies que os entrevistados já tinham utilizado e nove espécies que eles já tinham indicado. A maioria dos profissionais do SUS da cidade de Cuité/PB entrevistados conhecem várias plantas medicinais e geralmente as utiliza e fazem indicação para os pacientes. No entanto, para a promoção da saúde da população, é necessário promover a disseminação do conhecimento sobre fitoterapia, de forma a facilitar a indicação e o uso racional das plantas medicinais.

Veja o artigo completo: PDF