Resumo Trabalho

USO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA ADESÃO AO GRUPO DE QIGONG: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autor(es): DAYANE CRISTINE SOUSA SANTIAGO, YÃNSLEY ANDRÉ SENA TAVARES, ÁGUIDA MARIA ALENCAR FREITAS, ARIADNE ARAUJO OLIVEIRA e orientado por BERNARDO DINIZ COUTINHO

RESUMO Introdução: A adesão é um processo comportamental complexo, fortemente influenciado pelo meio ambiente, pelos profissionais de saúde e pelos cuidados de assistência médica. A adesão terapêutica influencia diretamente na efetivação dos indivíduos sujeitos a terapia bem como a evolução dos mesmos em tratamento. As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) constituem um conjunto e de ferramentas integradas entre si, que favorecem o aumento da interatividade, proporcionando, através das mídias e redes sociais uma otimização da interação entre profissionais, pacientes, e redes de serviços em saúde. O Qigong é uma prática da Medicina Tradicional Chinesa que integra exercícios posturais, de respiração e meditação que visa a auto regulação dos sistemas biológicos corporais, constituindo uma das estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica, caracteriza-se pelos movimentos suaves, lentos, fluentes e estendidos, intercalando o estático com o dinâmico. Objetivo: Descrever a experiência de um projeto de extensão do Curso de Fisioterapia da Universidade Federal do Ceará com o uso das TIC como estratégia para adesão dos participantes de uma unidade de saúde no Grupo de exercícios de Qigong realizado em uma comunidade de Fortaleza. Métodos: Trata-se de um relato de experiência sobre o uso das TIC na adesão dos participantes de um grupo de práticas Mente-Corpo realizado pelo projeto de extensão GAIPA-UFC junto ao território de uma unidade de saúde da Atenção Básica de Fortaleza-CE, ao longo de 84 encontros realizados no período de 2015 à 2017. Resultados:Maior integração e interação entre a equipe da extensão e a comunidade sendo utilizados mensagens para lembretes da atividade seguinte, organização de eventos e divulgação de fotos e vídeos das atividades executadas no grupo. Melhor comunicação e assiduidade; tornando o grupo de mídias digitais uma continuidade das terapias realizadas. Conclusão: A implementação e uso das TIC como complemento das práticas em saúde teve como pontos positivos uma maior interação entre os usuários do serviço bem como a comunicação com a equipe profissional apresentando uma relevância significativa no que tange ser uma estratégia efetiva para a melhora no processo de adesão e efetivação e continuidade da abordagem. Palavras-chave: Aderência terapêutica, Mídias Sociais, Qigong, Terapias Mente-Corpo, , Atenção Primária à Saúde.

Veja o artigo completo: PDF