Resumo Trabalho

IMPORTÂNCIA DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE NA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA PACIENTES COM DIABETES E HIPERTENSÃO NA ATENÇÃO BÁSICA

Autor(es): MARIANA COTTA RUAS, ANDRESSA MÔNICA GOMES FERNANDES, SEBASTIANA RAYANE GURGEL DE ARAÚJO, THAYNA FONSECA PEREIRA e orientado por LUZIA KELLY ALVES DA SILVA NASCIMENTO

INTRODUÇÃO: As práticas integrativas e complementares em saúde aos poucos vêm obtendo espaço na assistência aos usuários da atenção primária de saúde, uma tecnologia leve e inovadora que busca transformar a assistência de todos os profissionais da área da saúde, principalmente os enfermeiros, com intuito de proporcionar um cuidado alternativo, baseado numa prática singular que valoriza a totalidade humana e a inclusão social. Logo, a consolidação da PICS é extremamente importante para os usuários, como os que possuem Diabetes e Hipertensão para melhorar a qualidade de vida, assim como para os profissionais que a utilizam como estratégia para trabalhar com esses usuários que tem doenças crônicas. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo de revisão de literatura, realizado de junho a agosto de 2017, na biblioteca virtual em saúde (BVS) na base de dados Scientific Eletronic Library Online (Scielo), utilizou-se os descritores em ciências da saúde (DeCs): “Enfermagem” “Doença Crônica” “Terapias Complementares” “Atenção Básica” e “Assistência”. Os critérios de inclusão foram artigos publicados na íntegra, nos anos últimos cinco anos, em língua portuguesa e que respondessem a questão proposta e os critérios de exclusão dos artigos foram os que não correspondem à questão norteadora, disponíveis em língua estrangeira e publicada há mais de cinco anos, que culminou na reunião de quatro artigos para a produção deste trabalho. RESULTADO E DISCUSSÕES: A assistência de enfermagem é pautada no cuidar integral aos usuários que procuram os serviços de saúde. Para isso as PICS surgem como uma ferramenta de transformação na assistência de enfermagem, de maneira mais humanizada e menos tecnicista, pois as praticas integrativas e complementares em saúde podem ser utilizadas nos serviços de saúde para melhorar a qualidade de vida de pessoas com doenças crônicas, como o diabetes e a hipertensão, uma forma de modificar os hábitos alimentares, medidas não farmacológicas para diminuir os níveis pressóricos, e métodos de relaxamento como forma de avaliar os membros superiores e inferiores. Em suma, usar a PICS é uma excelente estratégia do profissional enfermeiro junto com o serviço de saúde para transformar a forma de promoção, recuperação e prevenção da saúde dos usuários. CONCLUSÃO: É indubitável a importância que as praticas integrativas e complementares em saúde apresentam para a assistência de enfermagem, na medida em que empodera o profissional a buscar novas formas de promover e recuperar a saúde dos usuários da atenção primária, através dessa conduta o profissional pode trazer a comunidade mais para perto do serviço de saúde e assim obter um trabalho de prevenção e recuperação mais efetivo, pois irá estabelecer por meio das PICS o vinculo profissional/paciente o que colabora para uma assistência humanizada.

Veja o artigo completo: PDF