Resumo Trabalho

AURICULOPUNTURA NO CONTROLE DA DOR AGUDA

Autor(es): NATHALY SOPHIA ROCHA PHILLIPS DAVID, MARIA BETANIA MACIEL DA SILVA

Desde 2006 o Brasil tem uma Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, com ênfase no trabalho multiprofissional na atenção básica. A auriculopuntura que usa o principio da representatividade do corpo pelos microssistemas, é umas das especialidades da Medicina Tradicional Chinesa. È uma prática que aborda de modo integral e dinâmico o processo saúde-doença, podendo ser usada isolada ou de forma integrada com outras terapias minimizando agravos e doenças (BRASIL, 2006). A Dor é uma das maiores causas de atendimento médico por queixa aguda, tanto em pronto atendimento como na atenção básica, (CIENA, 2008). Temos como objetivo desse trabalho avaliar a resposta imediata do protocolo de pontos auriculares, indicados para minimização da queixa de pessoas com dor aguda. METODOLOGIA. Um estudo observacional, descritivo do tipo serie de casos, realizado no período de maio a julho de 2017, em atendimento na atenção básica, à pacientes com quadro de dor aguda, conscientes e orientados. Os dados foram mesurados a partir da escala de dor, visual numérica (de 0 a 10), aplicada antes e depois da utilização da técnica de auriculopuntura com utilização de agulhas próprias (0,15 mm x 20 mm), observadas a queixa de dor aguda do paciente.Foram avaliadas 18 escalas de dor de pacientes atendidos na AB. Foram usados no máximo 9 (nove) pontos de auriculopuntura, de atuação sistêmica da dor, bem como pontos relacionados ao órgão alvo. RESULTADOS E DISCUSSOES. Das dezoito escalas avaliadas, onze referiram dor intensa (7 a 10), e sete referiram dor moderada ( 4 a 6), antes de receber a prática da auriculopuntura. Após a aplicação da auriculoterapia, das onze que referiram dor intensa, oito referiram zero de dor, com alivio imediato, e três afirmaram que caiu para dor leve (2 a 3), melhorando mobilidade e conforto. Das sete que referiram dor moderada, só uma não referiu a redução da dor, as demais referiram ter caído a escala para zero. CONCLUSÃO. Os resultados da avaliação da escala de dor visual/numérica, regrediram consideravelmente após a aplicação da técnica de auriculopuntura em pontos específicos do protocolo de dor proposto por (Medeiros, 2017). Podemos ainda constatar que essa prática simples é bastante eficaz, traz resultados imediatos, com baixo custo e muito bem aceita pelo paciente, melhorando seu conforto, aumentando seu bem estar e lhe devolvendo a capacidade de desenvolver suas atividades diárias, muitas vezes interrompidas pelos quadros agudos de dor.

Veja o artigo completo: PDF