Resumo Trabalho

BENEFÍCIOS DA MEDITAÇÃO NOS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE: A BUSCA PELO EQUILÍBRIO DO SER

Autor(es): KALLINE AYALLE RODRIGUES DA SILVA, IASMIM NUNES DE BARROS, ANDRESA VENTURA MARQUES e orientado por ANDRESA VENTURA MARQUES

Vivemos em uma cultura do imediatismo, onde cada vez mais as pessoas sofrem com algum tipo de transtorno ansioso. É de grande importância a popularização de técnicas tradicionais que possam auxiliar o sujeito a enfrentar a ansiedade em seu nível biopsicossocial, tendo outras opções além da medicamentosa. Neste contexto o objetivo desta pesquisa foi então, descrever os efeitos das práticas meditativas em sujeitos que sofrem com transtornos ansiosos, com ênfase no Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG). Vários são os fatores que possibilitam o surgimento desta psicopatologia, dentre eles: genética, temperamento e tipo de relacionamento com os pais ou cuidadores. O Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é um dos tipos de transtornos ansiosos, avaliado como uma doença crônica, onde os indivíduos se preocupam excessivamente com situações do seu cotidiano desde questões financeiras, trabalho, saúde, fatalidades com pessoas próximas até questões simples como se atrasar para um evento. Tendo em vista essa problemática, a meditação surge como técnica tradicional que possibilita a amenização do sofrimento causado pela ansiedade, promovendo um maior equilíbrio das funções mentais e fisiológicas, possibilitando deliciar-se com a calmaria da mente, desapegar-se dos pensamentos por um instante e redirecionar sua atenção para o momento presente. O termo "meditação" refere-se a uma ampla variedade de práticas, que vão desde técnicas destinadas a promover o relaxamento, a exercícios realizados com um objetivo mais abrangente, como uma maior sensação de bem-estar. Para estudar essas contribuições da meditação no TAG, foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa e de tipo revisão bibliográfica, possuindo como objetivo um caráter exploratório do tema. Buscou-se informações a partir de artigos científicos e sites oficiais em português e inglês como o World Health Organization (Organização mundial de saúde- OMS) e o Scielo, bem como consultas em livros texto e obras de referência. Foram utilizados como descritores de pesquisa na internet, tanto de forma isolada como combinada, as seguintes palavras chaves: Transtornos de Ansiedade/ Meditação/ Efeitos das Práticas Meditativas. Foram verificados como resultados da pesquisa que a meditação interfere nos sistemas cognitivos, influenciando o estado de alerta, permitindo a autorregulação entre corpo e mente, restaurando o equilíbrio orgânico e o bem-estar psicológico, assim como alivia o stress mental, facilita o sono profundo, aumenta a imunidade e desenvolve controle para lidar com as situações difíceis. Considerando-se a eficácia desta técnica tradicional em sujeitos ansiosos, faz-se necessário a popularização desta prática através de centros comunitários, centros de saúde, centros sociais, e outras aglomerações populares no sentido de conscientizar a população para outros meios de combate à ansiedade que não apenas a via medicamentosa.

Veja o artigo completo: PDF