Resumo Trabalho

A MASSOTERAPIA COMO INTERVENÇÃO DE ANALGESIA EM UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA DE JOÃO PESSOA-PB: UM RELATO DE EXPERIENCIA

Autor(es): AELSON MENDES DE SOUSA, TEREZINHA PAES BARRETO TRINDADE, JULYANE FEITOZA COELHO

INTRODUÇÃO: Trata-se de um relato de experiência do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF), que pretende divulgar os benefícios da massagem na melhora dos sintomas dolorosos em usuários de Unidades de Saúde da Família (USF) e descrever a adesão ao tratamento com o recurso analgésico. METODOLOGIA: A experiência foi desenvolvida em usuários com sintomas clínicos e alterações traumático-ortopédicas, neurológicas e reumatológicas. Os usuários vivenciaram 10 atendimentos, sendo 01 sessão semanal de 45 minutos. As massagens foram realizadas nas modalidades de automassagem, massagem manual, massagem termo-vibracional e massagem vibracional com infravermelho. O tempo de aplicação variou de 15 a 25 minutos. Os equipamentos utilizados foram o massageador termo-vibracional e o massageador vibracional com infravermelho. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Em seis meses de terapia, houve redução da dor, comprovada nas avaliações em repouso e no tratamento de reabilitação. Em três turnos semanais, de 18 a 36 usuários receberam massagem. Nos 77 dias de atendimentos fisioterápicos contabilizou-se mais de 500 massagens. Apenas 10 usuários não aderiram ao tratamento. Os benefícios foram identificados através dos relatos de afirmação de melhora dos usuários, ganhos de amplitude de movimentos articulares dificilmente realizados na avalição clínica inicial, melhoras na coordenação e propriocepção muscular, redução de hipersensibilidade dolorosa ao toque tátil e digito-pressão, diminuição sensorial nociceptiva durante a mobilização passiva articular, melhoras na motivação, autoestima e reintegração das atividades de vida diárias relatadas pelos usuários durante as reavaliações mensais. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A experiência representou um desafio, pois clinicamente seria difícil obter benefícios com a massagem em apenas 01 atendimento fisioterápico semanal, mas os mesmos foram observados em todos os usuários atendidos. A experiência reforça o que os outros estudos científicos sinalizam sobre os benefícios da massagem para a reabilitação motora e redução dos sintomas dolorosos. Espera-se que o relato contribua para ampliar as pesquisas sobre os benefícios da massagem na reabilitação fisioterapêutica.

Veja o artigo completo: PDF