Resumo Trabalho

AURICULOTERAPIA COMO FERRAMENTA DE CUIDADO EM SAÚDE NA ATENÇÃO BÁSICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA.

Autor(es): ELIDIANE LIRA DA SILVA e orientado por PAULETTE CAVALCANTE DE ALBUQUERQUE

Objetivos: Este trabalho tem o objetivo de descrever um relato de experiência de formação de um grupo de cuidado que utiliza a auriculoterapia como ferramenta na promoção da saúde, realizado em uma Unidade de Saúde da Família (USF), na cidade do Recife- PE. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência do trabalho realizado pela Residência Multiprofissional Integrada em Saúde da Família da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Universidade de Pernambuco (UPE), com a implantação de um grupo de cuidado que utiliza a auriculoterapia, como ferramenta para o cuidado em saúde. A formação do grupo contou com a participação de 11 usuários, 10 mulheres e 1 homem , na faixa etária adulta com diversas condições de saúde, decorrentes de estresse e ansiedade. Foram realizados dez encontros semanalmente, no período de Março de 2017 a Junho de 2017 na Unidade de Saúde da Família (USF), com duração em média de duas horas. Nos encontros foram proporcionados dois momentos distintos e complementares, o primeiro momento foi reservado para expressão e compartilhamento das demandas apresentadas pelos usuários, com o objetivo de acolhimento, reflexão e apoio para identificação de estratégias de enfrentamento. O segundo momento realizava-se a prática de auriculoterapia, seguindo um protocolo de estimulação de acupontos relacionados com o tratamento dos sintomas de ansiedade, foram utilizados os seguintes pontos: Shen Men, simpático, coração, ansiedade, ponto de neurastênia e occipital. Resultados: Este relato vem a mostrar como a auriculoterapia pode ser uma ferramenta primordial no cuidado em saúde de diversas condições de saúde, como no tratamento dos sintomas de ansiedade, e demonstrar como a realização de grupos com pacientes com condições de saúde semelhantes pode ser uma estratégia para o acompanhamento de usuários atendidos na Atenção Básica, promovendo uma melhor qualidade de vida dos pacientes, e ampliando o cuidado em saúde no SUS. Conclusão: A realização da implantação do grupo de cuidado utilizando a auriculoterapia têm se mostrado positiva, pois esta atividade possibilitou a criação de um campo para a prática de uma terapia complementar em saúde, como a auriculoterapia, contribuindo para o fortalecimento das PIC no sistema único de saúde, difundindo ações de cuidado em saúde e contribuindo para o tratamento de problemas de saúde, como os sintomas de ansiedade.

Veja o artigo completo: PDF