Resumo Trabalho

FERNANDA SILVA ARAUJO e orientado por ESTEVAM DEDALUS PEREIRA DE AGUIAR MENDES e orientado por ESTEVAM DEDALUS PEREIRA DE AGUIAR MENDES

: O presente artigo tem como propósito fazer uma análise acerca dos acontecimentos provenientes do Holocausto Nazista a fim de entender os motivos e a finalidade da atrocidade ocorrida nesse período, assim como utilizar a educação como um instrumento para coibir o surgimento de pensamentos neonazistas. Está pesquisa aborda alguns métodos utilizados pelos nazistas com o intuito de promover uma segregação racial a fim de desenvolver uma raça pura, nesse sentido o texto vale-se dos pensamentos de alguns autores para explicar como funcionava o sistema imoral e irracional operado por aqueles que se autodenominavam seres humanos superiores. Cuida-se também da indiferença moral originada da falta de empatia entre pessoas inseridas numa mesma sociedade, tomando como fundamento as ideias elaboradas por pensadores que viveram e que se ocuparam em estudar tal barbárie. Bauman (1998) se preocupou em estudar aspectos de uma sociedade omissa trazendo a lume questões pertinentes em relação ao comportamento humano. Arendt (1995) volta seu estudo a banalidade do mal produzida por aqueles cujo, as suas ações são praticadas de maneira irrefletida. Art Spielgeman oferece uma história em quadrinhos contando o relato de um sobrevivente de Auschwitz, nos fazendo entender de modo mais claro a realidade dentro dos campos de concentração. Por fim, Adorno (1995) dispõe sobre uma educação como o instrumento principal para permitir que a história do crime contra a humanidade não seja apagada da memória humana para que desta maneira evite que não apenas o genocídio de Auschwitz torne a acontecer, como também casos análogos a este.

Veja o artigo completo: PDF