Resumo Trabalho

JULIA TEIXEIRA SOUZA, ANA CLAUDIA RODRIGUES GONÇALVES PESSOA

Este estudo buscou analisar a abordagem da dimensão valorização dos textos de tradição oral de ensino da oralidade nos cadernos de estudo que fazem parte dos materiais de formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa no ano de 2013. Para atingir os objetivos delineados nessa pesquisa, desenvolvemos uma discussão tomando por base alguns estudos sobre o ensino da Língua Portuguesa e o eixo oral como dimensão de ensino (Bakhtin, 2010; Schneuwly e Dolz, 2004; Leal, Brandão e Lima, 2012; Magalhães, 2007; Marcuschi, 2005; 2010, etc), nesta pesquisa optamos por realizar uma investigação quanti-qualitativa. Em busca de atingir nosso objetivo principal, analisamos os 36 cadernos que compõem os materiais didáticos utilizados na formação do PNAIC, com vistas a identificar a abordagem da dimensão valorização dos textos de tradição oral para ensino da oralidade presente nesse material. Dessa forma, realizamos uma leitura detalhada em busca de respostas para perguntas pré elaboradas e analisamos os dados encontrados a partir da metodologia de análise do conteúdo de Bardin (1977). Os resultados apontam que todos os cadernos apresentaram alguma menção a dimensão valorização dos textos de tradição oral, em alguns momentos voltadas para outros eixos da lingua portuguesa, em outros diretamente relacionados ao eixo oral. Os cadernos que apresentaram maior índice de menções foram os cadernos do Ano 01(11 menções) e Campo (13 menções). Apesar do quantitativo semelhante, os direcionamentos foram distintos, os cadernos do Campo foram os que apresentaram maior direcionamento do trabalho com esses textos para o eixo da oralidade. Concluímos que apesar dos direcionamentos distintos, a reflexão e valorização desses gêneros textuais, tradicionalmente orais, é um grande avanço social, pois os estudantes, refletem sobre as características de gêneros prioritariamente orais, ampliam seu repertório e aprendem a valorizar textos pertencentes à sua cultura.

Veja o artigo completo: PDF