Resumo Trabalho

CHRISTIANE RAYANA TEIXEIRA SILVA, MÉLITTEM BRITO AZEVEDO e orientado por POLYANE ALVES SANTOS e orientado por POLYANE ALVES SANTOS

O presente trabalho propõe um maior entendimento, através de considerações históricas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Brasil, para que assim, podemos entender da sua situação atual. A Educação de Jovens e Adultos trata-se de uma vertente de educação que está permanentemente sofrendo modificações. Por se tratar de uma modalidade de ensino inteiramente complexa, pois engloba dimensões que sobrepõem as questões educacionais. A EJA não se refere apenas de uma educação escolarizada, mas acontece também em espaços não formais, tais como, na família, na comunidade, em associações socioculturais e em ordens religiosas, que trabalham com a perspectiva de ampliar os conhecimentos de jovens e adultos. Há anos este tipo de educação foi conceituado como uma alfabetização que se resumia apenas no aprendizado da leitura e escrita. Para a elaboração do estudo recorremos à exploração de artigos, jornais e livros publicados, com o intuito de rebuscar elementos históricos essenciais da educação brasileira de jovens e adultos. Como também, enfatizaremos as teorias e as práticas do grande Pedagogo brasileiro Paulo Freire, que é de grande importância para a EJA. Sem grandes pormenores, o trabalho que será apresentado a seguir, não pretende mostrar toda a história da EJA, mas de enfatizar-se em períodos historiográficos significativos que nos possibilitará a ter uma visão ampla em relação ao desenvolvimento e das suas consequências atualmente. Isso posto, a EJA é hoje uma grande ferramenta para erradicar o analfabetismo entre jovens e adultos no Brasil. Além de proporcionar o aprendizado necessário para o dia a dia, também está diretamente ligada à formação de sujeitos aptos a lidar com as exigências do mundo moderno, a fim de tornarem trabalhadores qualificados ao mundo do trabalho.

Veja o artigo completo: PDF