Resumo Trabalho

MARIA AURIONEIDA CARVALHO FERNANDES, ELISANGELA MARIA DE OLIVEIRA

O presente artigo é resultante de uma pesquisa realizada em uma escola municipal de Ensino Fundamental, na cidade de Parnaíba-PI. Teve como objetivo geral investigar o que pensa o professor sobre o processo de inclusão do aluno surdo. E como objetivos específcos: verificar as concepções de inclusão e surdez dos professores, identificar as dificuldades que o professor encontra para trabalhar com o aluno surdo e analisar as propostas de minimização das dificuldades encontradas pelo professor no trabalho com a pessoa surda. O estudo ocorreu por meio de uma pesquisa de campo e abordagem qualitativa, com a participação de duas professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental de uma escola da rede municipal que trabalhavam com alunos surdos. Para a coleta de dados, utilizamos o questionário aberto e a observação não participante. Dentre os teóricos que subsidiaram esta pesquisa citamos Quadros (2004), Sassaki (2006), Damázio (2007), Andrade (2007), Mantoan (2006), Skliar (2009), dentre outros. A análise de dados foi agrupada em quatro categorias, as quais salientam de forma clara os objetivos traçados no que tange a visão do professor sobre o seu aluno surdo. Constatamos que esse olhar difere da proposta da inclusão, como também demonstra a necessidade deste aprender a libras, pois a maior dificuldade entre professor ouvinte e aluno surdo está na comunicação.

Veja o artigo completo: PDF