Resumo Trabalho

ARATRÍCIA MARIA MARTINS FREIRE

O presente estudo trata da inclusão na escola regular, bem como sua contribuição para a inserção social das pessoas com deficiência tendo como espaço a EEB Maria Dalva Barbosa de Azevedo, no município de Itapipoca - Ceará. Considerando que a socialização de um ser humano na sociedade não pode ser considerada algo abstrato —incluir — promove no ser humano um desenvolvimento de interação entre os sujeitos tidos como “normais”, este trabalho se justifica pela necessidade de conhecer e usufruir da inclusão social como instrumento para interação com os sujeitos no âmbito social. Para realizar esta pesquisa, baseou-se nos estudos bibliográficos e vivências que defendem, no geral, que as pessoas com deficiência necessitam ser incluídas na escola, sociedade e que de fato aconteça a aprendizagem dessas pessoas. Assim, a partir da necessidade de tratar de forma coesa o assunto, foram construídas duas perspectivas de análise, que nortearam esta investigação: os fatores que propiciam e que dificultam a relação das pessoas com deficiência com a escola e as relações existentes entre professor e aluno com deficiência, enfocando o comprometimento daquele no processo educativo da pessoa com deficiência. Nesse sentido, foi realizada uma observação em sala de aula com o intuito de avaliar conceitos e concepções sobre o ensino para pessoas com deficiência. Os resultados indicaram que é fundamental a apropriação por parte do professor para a eficiente inclusão da criança com deficiência nas atividades da escola. Além disso, utilizar somente como proposta curricular os conteúdos não satisfaz a necessidade de inclusão da pessoa com deficiência, pois os valores a eles associados atuam também como uma espécie de modelo na aprendizagem. Sendo assim, percebemos a satisfação em aprender e ensinar sobre a inclusão, dando prioridade as pessoas com deficiência que ainda sofrem muita exclusão, pois a sociedade está apta a conviver com o preconceito e nem todo deficiente se aceita, é preciso que haja aceitação por parte da pessoa com deficiência, assim de fato a inclusão dessas pessoas nas diversas práticas sociais será possível.

Veja o artigo completo: PDF