Resumo Trabalho

NILCIA MORAES COSTA, WILSON SILVA GARCIA, RÔMULO RICARD FERRO SOUSA e orientado por JOSÉ CARLOS DE MELO. e orientado por JOSÉ CARLOS DE MELO.

RESUMO Este artigo tem como objetivo analisar o processo de desenvolvimento das crianças em creche com idade entre 2 a 3 anos, para além do cuidar, visto que nesse período segundo Piaget, a criança já constrói conhecimento na interação com o seu meio e sobre o objeto, a criança é um ser social criadora de cultura, e vê a realidade com outros olhos, promove sociabilidade com o outro, para tal precisa ser estimulada, tratada como um sujeito, sem esquecer suas especificidades. A Educação Infantil em creche esperasse que se trabalhe na perspectiva de promoção do desenvolvimento integral dessas crianças, partindo do pressuposto que a educação em creche é um processo de ensino aprendizagem, através do cuidar e educar, para assim através das propostas pedagógicas dadas pelos professores, essas crianças construam novos conhecimentos (assimilar e acomodar). A análise se dá a partir dos resultados do estágio, feitas em uma creche pública, localizada na cidade de São Luís –MA, A pesquisa é de cunho bibliográficas e de observação. Identificando qual a proposta pedagógica e metodológicas adotadas pela instituição de ensino, e como é trabalhado o educar e cuidar para desenvolver essas competências, faremos uma analogia com as teorias e práticas de alguns pensadores dos Jardins de Infância e a instituição (creche) observada. E as contribuições desses pensadores para mudar o sistema de assistencialismo, após tantos estudos nessas vertentes entre o cuidar e educar. Percebeu-se, com observação, que as crianças demonstraram interesse em aprender, explorando suas características e conhecendo o seu uso real, porém as atividades propostas no dia a dia, são feitas somente no assistencialismo. Para fundamentar a pesquisa, KULHMANN JR.(2001), KISHIMOTO (2007), ARCE ( 2002), entre outros. Palavras-chave: Crianças. Jardim de Infância

Veja o artigo completo: PDF