Resumo Trabalho

ARETUSA LIMA EVANGELISTA OLIVEIRA, NAYANA SEPÚLVEDA SUZART, HUGO NEVES BRANDAO, CLAYTON QUEIROZ ALVES

O Projeto Universidade para Todos (UPT) é uma iniciativa do Governo do Estado da Bahia, executado pelas universidades estaduais parceiras (UNEB, UESB, UESC e UEFS) que visa fortalecer a política de acesso e a permanência na Educação Superior. O presente artigo objetivou identificar o perfil dos cursistas participantes do UPT, vinculados à Universidade Estadual de Feira de Santana, em 2016. A pesquisa é documental de caráter descritivo, realizada através da aplicação de questionário semiestruturado sobre dados socioeconômicos e motivos para a participação no projeto. A amostra foi composta por 279 respondentes do universo de 1000 alunos, com faixa etária compreendida entre 18 a 50 anos de idade, no qual (28,67%) são do sexo masculino e (70,97%) são do sexo feminino, quanto ao nível de escolaridade (62,72%) apresentam o 2º grau completo e (35,84%) estavam cursando o 3º ano do Ensino Médio. Os cursistas residem principalmente, em comunidades localizadas na zona urbana (72,04%) e a zona rural (25,81%). Destacaram-se como fatores motivacionais, a experiência educacional, relacionada a necessidade em se preparar melhor para o vestibular (98,92%) e ingressar no ensino superior, a perspectiva profissional, na possibilidade de ser aprovado futuramente em concurso público (62,72%) e, por último, o nível socioeconômico, pela falta de condições financeiras em participar de um cursinho pré-vestibular particular (83,51%). Apesar da amostra pesquisada não representar a totalidade do público que frequentou o UPT/UEFS no ano de 2016, a análise dos dados obtidos forneceram base para avaliar a influência do Projeto na vida dos alunos, proporcionando também diretrizes para a qualificação das futuras atividades que serão implementadas e/ou mantidas pelo Projeto.

Veja o artigo completo: PDF