Resumo Trabalho

MARCELA SABRINA DE ALBUQUERQUE PESSOA

Este trabalho faz parte da pesquisa em andamento, no doutorado em educação e pretende analisar de forma mais detalhada, a educação em Pernambuco durante as décadas de 1920 e 1930, especificamente a partir do estudo do Ato nº 1239, levando em consideração, que o ideário liberal na passagem do Império para a República foi o responsável pela organização das leis educacionais nos estados. Neste sentido, a educação passou a ser vista como instrumento de superação para o “atraso” na nação criando-se, ao mesmo tempo, uma identidade nacional. Assim, utilizaremos a metodologia da análise de discurso para melhor compreendermos aspectos da Reforma Educacional de Carneiro Leão em Pernambuco, instituída em 1928, além do documento do Programa de Política Educacional e o documento da Conferência Educação Nova, ambos de autoria de Aníbal Bruno, já no início do governo de Getúlio Vargas. Estabelecendo um paralelo com as notícias vinculadas nos artigos do Jornal do Recife, entre os anos 1928 e 1935. Finalmente, procuraremos ao longo deste trabalho entender aspectos como de que forma o estudo da Reforma de Carneiro Leão pode nos auxiliar a entender aspectos sociais, políticos e econômicos da sociedade pernambucana da época, percebendo inovações e continuidades mantidas no período no campo da educação. Além de entender, ao mesmo tempo, como era a formação dos professores para lecionar nas escolas do período e quais públicos e concepções desejavam atender durante as décadas de 1920 e 1930, período de modernização econômica brasileira.

Veja o artigo completo: PDF