Resumo Trabalho

VANESSA POLIANA BATISTA DA SILVA, ANGRA RITA SILVA DE CASTRO, CRISLAYNE EMILLY DA SILVA SANTANA, JULIANA GRAZIELA VASCONCELOS DA SILVA e orientado por CARLOS DANIEL PÉREZ e orientado por CARLOS DANIEL PÉREZ

A utilização de paródias como método auxiliador na aprendizagem dos alunos, combinados com outros instrumentos didáticos podem estimular a atenção dos alunos para o assunto apresentado em aula. As paródias musicais podem ser direcionadas ao ensino de biologia. As mesmas podem ser produzidas pelos estudantes ou pelos mediadores, sendo construídas com intuito dos alunos aprenderem o conteúdo aplicado de uma maneira lúdica e descontraídas, ás paródias também são importantes para incentivar o trabalho em grupo, onde os estudantes discutem, aprendem e formam idéias em conjunto, tendo assim, um resultado positivo numa possível avaliação. Esse método quebra um pouco o tradicionalismo, tornando a aula mais dinâmica e diversificada, atraindo a atenção de todos, sabendo que o processo de ensino-aprendizagem está diretamente relacionado com o entusiasmo do professor com as turmas, o mediador que sempre está inovando e utilizando novos recursos para trabalhar com seus alunos, estará criando e demonstrando interesse para com seus educandos, logo a resposta da turma será positiva e agradável para o educador, porém sabe-se que existem barreiras nesse processo que devem ser ultrapassadas pelo professor e aluno. Então, para construir aulas mais dinamizadas à música é um importante instrumento, trazendo saberes vividos pelos estudantes e os relacionando ao ensino de biologia, transformando-os em paródias. Muitos estudantes apresentam dificuldades em aprender determinados assuntos na área da biologia, tendo em vista que ela abrange diversos conteúdos, seja dos mais simples aos mais complexos, e para atrair seu interesse à utilização de músicas com ritmos e toques dos quais os alunos apresentam prazer em cantar, fica ainda mais lúdico e fácil de aprender. A produção de paródias tem como principal objetivo melhorar a compreensão do conteúdo, assimilando e tornando partes mais conexas, melhorando no processo de ensino-aprendizagem. Baseados em tais colocações citadas anteriormente, desenvolvemos uma atividade que foi aplicada na Escola Estadual Professora Amélia Coelho, na turma de 2° ano do Ensino Médio, sendo proposta uma aula dialogada sobre taxonomia e classificação dos seres vivos. Em um segundo momento, apresentamos paródias musicais, como auxílio e reforço para a aprendizagem dos mesmos no conteúdo proposto na aula anterior sobre o tema. Como método avaliativo da eficiência da nossa didática, aplicamos um questionário pós atividade. Em seguida a essa aplicação foram obtidos resultados positivos, construindo uma forte relação de conhecimento com a classe e afirmando que as paródias musicais não servem apenas para fixação do conteúdo, mas também para auxiliar na compreensão e aprendizagem dos estudantes, além de tornar a aula mais dinamizada.

Veja o artigo completo: PDF