Resumo Trabalho

HAILA IVANILDA DA SILVA, FABRINI KATRINE DA SILVA BILRO, ANA CLÁUDIA DE FRANÇA e orientado por DÉBORA AMORIM GOMES DA COSTA MACIEL e orientado por DÉBORA AMORIM GOMES DA COSTA MACIEL

É possível ensinar o gênero textual entrevista de emprego? O que propõem os livros didáticos destinados à Educação de Jovens e Adultos para a didatização desse gênero oral? Este trabalho analisa o trato com o gênero textual entrevista de emprego na coleção de livros didáticos “Viver, Aprender”, da editora Global (2013), destinada à Educação de Jovens e Adultos. A obra, adotada por 17 (dezessete) municípios que compõem a rede pública municipal da Zona da Mata Norte de Pernambuco/Brasil, integra o conjunto de livros didáticos recomendados pelo Programa Nacional do Livro Didático – PNLD (BRASIL/EJA, 2014). Como opção metodológica a pesquisa empregou a técnica de análise de conteúdo temático-categorial (BARDIN, 1997), cuja essência analítica visa explicar e sistematizar o conteúdo da mensagem e o significado desse conteúdo, por meio de deduções lógicas e justificadas. Os dados foram tratados de forma qualitativa, que segundo Minayo (1994, p. 21, 22), compreende “o universo de significados, motivos, aspirações, crenças, valores e atitudes”. tais dimensões encontram-se também nos livros didáticos, suportes situados em um contexto histórico, em nossa pesquisa, na Rede Pública da Mata Norte de Pernambuco, que se destina a sujeitos contextualizados, em nosso contexto, alunos/as pertencentes a modalidade da Educação de Jovens e Adultos. Os resultados revelaram que a atividade disponibilizada pela coleção para o ensino do gênero em questão, apresenta um modelo didático que busca orientar sua realização, a partir de etapas que compõem a estrutura de uma entrevista e que são indispensáveis ao processo de ensino-aprendizagem desse gênero oral. Entretanto, percebe-se a necessidade do docente aprofundar os encaminhamentos propostos pela atividade quanto à dimensão do oral formal, em espaços extraescolares, promovendo maiores reflexões sobre a língua e sua adequação às diversas esferas comunicativas.

Veja o artigo completo: PDF