Resumo Trabalho

MARIA JOSÉ DE MELO FERNANDES, LEIDIANE NOGUEIRA DOS SANTOS DUARTE e orientado por MEYRE-ESTER BARBOSA DE OLIVEIRA e orientado por MEYRE-ESTER BARBOSA DE OLIVEIRA

O presente estudo expõe os resultados de uma pesquisa realizada no âmbito da disciplina Profissão Docente, ministrada no terceiro período do curso de Pedagogia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), que tem como foco compreender como a cultura profissional constitui-se historicamente e de que modo isso se reflete no cotidiano das escolas. Dentro desse escopo, desenvolvemos uma pesquisa exploratória com o objetivo de investigar o processo de formação e a construção da identidade docente na perspectiva de maior familiarização com o exercício profissional e o processo de construção da identidade docente. Para tanto, realizou-se uma entrevista semiestruturada com uma professora graduada em Pedagogia, que atualmente exerce a docência no ensino superior, mas cujo relato retoma sua experiência enquanto professora do Ensino Fundamental. A entrevista aborda questões sobre a história de vida, a formação profissional, o exercício da profissão e a identificação com o campo profissional escolhido, com o intuito de refletirmos sobre algumas dificuldades enfrentadas nesse processo de constituição do ser docente, bem como sobre os elementos implicados nessa construção. Tais questões foram analisadas a partir de autores que abordam a temática, como Nóvoa (1992); Pimenta (1997, 2002); Anastasiou (2002); Garcia (1999); Tardif (2003) e Zeichner (1993). A realização do trabalho nos possibilitou compreender que o processo de construção da identidade docente se dá mediante o entrelaçamento de diferentes aspectos pessoais, profissionais e formativos, num movimento contínuo de reconstrução. Nessa perspectiva, compreende-se que a formação é um elemento central no processo de (re)construção da identidade docente, particularmente quando esta se entrelaça com a prática profissional, permitindo a reflexão sobre os saberes que configuram a docência. A partir desse prisma, constitui-se como ponto fundamental para o fortalecimento e a reconstrução da imagem da profissão do professor e de sua valorização.

Veja o artigo completo: PDF