Resumo Trabalho

A SEQUÊNCIA DIDÁTICA COMO INSTRUMENTO PARA O ENSINO DE GRAMÁTICA: ANALISANDO UMA SEQUÊNCIA

Autor(es): DANNIELE SILVA DO NASCIMENTO

O presente artigo visa descrever e analisar o tratamento dado aos conteúdos gramaticais em uma sequência didática utilizada no Projeto Rota do Saber, do Instituto de Qualidade no Ensino. Este projeto atua em vários municípios do país com a proposta de elevar os índices de leitura, escrita e matemática na educação básica, mais especificamente nos anos iniciais (a partir do 3º ano) até os anos finais (6º a 9º ano). As intervenções do projeto se dão por meio do ensino com sequências didáticas. Instrumento popularizado por Dolz e schneuwly (2004), a sequência didática foi, em suas origens, organizada para trabalhar gêneros orais e escritos, entretanto é possível discutir conteúdos gramaticais, de maneira contextualizada, com este recurso. Para tal análise, selecionamos uma sequência voltada para o 6º ano, que objetiva exercitar ortografia a partir da observação das “regularidades da língua”, a saber, os usos de n e m, s e z, r e rr, e “-aram” e “-arão”. Para tal análise, desempenhamos uma pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico e nos pautamos nas considerações versadas nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN, 1998) e nos estudos de Bakhtin (2014) e Antunes (2003, 2007, 2014). Nesta pesquisa, interessou-nos investigar se, nesses materiais, a Gramática aparece relacionada a práticas sociais e como o texto é utilizado para a discussão desses conhecimentos.

Veja o artigo completo: PDF