Resumo Trabalho

REPRESENTAÇÕES DAS HOMOSSEXUALIDADES NA PROPAGANDA BRASILEIRA: ANÁLISE DA PROPAGANDA “DIA DOS NAMORADOS” O BOTICÁRIO.

Autor(es): DANILO SILVA DE MEIRELES

O presente artigo tem como objetivo descrever o que se observou na propaganda brasileira, mais precisamente na veiculada pela empresa O Boticário, em decorrência da comemoração ao dia dos namorados no ano de 2015, apontando as representações das homossexualidades na mesma. Tem-se a intenção de gerar reflexões sobre as possíveis existências de estereótipos criados para a representação nessa propaganda e questionar a importância de se refletir sobre a inserção de representações homossexuais na propaganda brasileira contemporânea, tendo em vista as mudanças na estrutura social, que é dinâmica, e consiste na alteridade e diversidade em todas as suas conjunturas. Ainda pretendeu-se trazer um pensamento crítico sobre a abordagem das marcas a um público homossexual existente e consumerista. Foi utilizado como método de pesquisa, uma revisão bibliográfica preliminar que instrumentalizou a identificação de representação, que cumpriu com os objetivos e possibilitou a análise do objeto eleito, além do mais o próprio vídeo de O Boticário foi usado como corpus e comentários de usuários da plataforma Youtube nesta mesma veiculação, examinados por meio de descrição, observação e análises críticas. Afinal, a diversidade sexual existe e merece ser observada e representada como parte integrante de todos os outros sistemas da sociedade, quer seja no mercado de trabalho, na politica, na indústria que serve ao consumo, no desenvolvimento do campo acadêmico, repartições públicas, ou onde quer que seja, essa existência está posta e precisa ser incluída nos processos de produção de sentido e representação.

Veja o artigo completo: PDF