Resumo Trabalho

A ESCRITA AMBIVALENTE DE CONCEIÇÃO EVARISTO

TITO MATIAS-FERREIRA, JR.

Este trabalho visa investigar as especificidades do discurso afrodescendente de Conceição Evaristo em sua obra intitulada Ponciá Vicêncio. Para isso, a escrita ambivalente de Evaristo será analisada a fim de examinar as questões de gênero, etnia e classe social em sua obra Ponciá Vicêncio. A pesquisa será embasada no conceito de ambivalência, proposto por Homi K. Bhabha, ao sugerir que a fixação de identidades promovida pelo discurso colonial e, posteriormente, exercida pelo discurso pós-colonial, culmina em uma proliferação de estereótipos, fortemente evidenciados na narrativa de Evaristo, que encapsulam identidades e mantêm os sujeitos em lugares fixos com pouca voz e mobilidade. Além da questão da escrita ambivalente, gênero e etnia serão também averiguados, uma vez que são demonstrados através da protagonista, mulher e negra, por meio de suas andanças e sua relação com as outras personagens, marcadas pela ambivalência.

Veja o artigo completo: PDF