Resumo Trabalho

O USO DE OFICINAS PEDAGÓGICAS NAS QUESTÕES DAS SEXUALIDADES COM JOVENS E ADOLESCENTES

Autor(es): INGRYD NATÁLIA CABRAL, SILVIO JOEL DE SOUSA, JOSEVAL DOS REIS MIRANDA

Este trabalho tem como objetivo compreender como a utilização de oficinas pedagógicas podem favorecer as discussões e propostas de trabalho com a Educação Sexual para jovens e adolescentes. O presente artigo surgiu da pesquisa que analisava a experiência do Centro de Orientação e Desenvolvimento de Luta pela Vida “CORDEL VIDA” tem contribuído para subsidiar as discussões do Município de Ouro Velho, localizada no Cariri do Estado da Paraíba. A pesquisa foi desenvolvida em uma escola do município com estudantes jovens e adolescentes que se disponibilizaram em participar. Utilizamos a abordagem qualitativa de pesquisa, por meio de uma pesquisa participante. Os instrumentos/procedimentos de geração de dados utilizados foram: oficinas pedagógicas e observação participante. A análise das informações e dados gerados foi por meio das categorias emanadas dos procedimentos metodológicos. Buscamos fundamentos nas concepções de Furlani (2008), Nunes (2005), Ribeiro (2004), Louro (1997), e os PCN de Orientação Sexual (1997). Os resultados apontaram que os/as jovens e adolescentes sentem a necessidade de trabalho sobre as questões das sexualidades pela escola, os depoimentos dos/as estudantes ainda são permeados pelos mitos e tabus sobre as sexualidades, as oficinas pedagógicas mostrou-se como espaço de discussão, participação e reflexão sobre as sexualidades, além de possibilitar o entrosamento, respeito entre os/as participantes da pesquisa sobre as diversas opiniões e orientações sexuais.

Veja o artigo completo: PDF