Resumo Trabalho

A SAÚDE DA MULHER LÉSBICA E BISSEXUAL: O ESTADO DA ARTE

SANDRA APARECIDA DE ALMEIDA, JOSEFA ELIZIANA BANDEIRA CRISPIM, IVONEIDE LUCENA PEREIRA, JORDANA DE ALMEIDA NOGUEIRA

Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, que teve como objetivo sintetizar o que vem sendo produzido nos últimos cinco anos (2010-2014) na literatura nacional e internacional sobre a saúde da mulher lésbica e bissexual. O estudo foi realizado por meio de busca na internet no período de setembro a dezembro de 2015, nas bases MEDLINE, LILACS, BDENF e na biblioteca virtual SciELO, utilizando os descritores: homossexualidade feminina, saúde da mulher e promoção da saúde, e suas respectivas traduções em inglês e espanhol. Foram encontrados 131 artigos, após criteriosa análise dos estudos, e levando em consideração os critérios de inclusão e exclusão houve a seleção de seis artigos. A discussão foi realizada a partir da elaboração de duas categorias: Promoção à Saúde e Invisibilidade à Assistência à Saúde da Mulher Lésbica e Bissexual. Constatou-se que há um desconhecimento sobre cuidados com a saúde de mulheres lésbicas e bissexuais, que a falta de preparo de profissionais da saúde com essa população, o preconceito existente no atendimento e a discriminação termina invisibilizando a mulher, tornando-a vulnerável a diversas co-morbidades. Apesar do tema saúde da mulher lésbica e bissexual está despertando cada vez mais o interesse por parte de pesquisadores, ainda há uma grande dificuldade em encontrar estudos com esta abordagem.

Veja o artigo completo: PDF