Resumo Trabalho

A COEDUCAÇÃO EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU NO ENSINO MÉDIO PÚBLICO: A RELAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE E OS JOVENS-ALUNOS

PÂMELA TAMIRES BEZERRA FERREIRA DA SILVA

O presente estudo tem como objetivo analisar de que forma a coeducação é desenvolvida ou não na concretização de ações coeducativas no espaço escolar, enfatizando, portanto, o último ano de escolarização do ensino médio e a relação com os professores e jovens-alunos de uma escola pública em Maceió-AL. Para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliográfica e uma abordagem quantitativa com a aplicação de questionários direcionados ao corpo docente e discente da instituição escolar. Concluímos que é necessário que a escola seja um espaço coeducativo não apenas no sentido da junção de alunos (as) de diferentes sexos e identidades de gênero, mas em suas ações e percepções acerca da diversidade e especificidades dos sujeitos envolvidos.

Veja o artigo completo: PDF