Resumo Trabalho

DESCOMPASSO DE VOZES FEMININAS EM FOGO MORTO

ANTONIO CLEONILDO DA SILVA COSTA, FRANCISCA GILMARA DA SILVA ALMIRO

Este trabalho tem como objetivo investigar o descompasso de vozes femininas em Fogo Morto, de José Lins do Rego a partir das três partes narrativas do romance. As personagens femininas Sinhá e Marta – primeira parte; d. Mariquinha, d. Amélia, Olívia e Neném – segunda parte; e a velha Adriana – terceira parte gritam silêncios, silenciam dizeres e protagonizam mesmo sendo secundárias. Desse modo, nos serve de aparato teórico a crítica feminina e a discussão de gênero. Entretanto, é a obra literária que nos conduz neste processo de análise. Por meio da descrição, fala e ação das mulheres supracitadas, passamos a entender a construção social e cultural destas no século XIX. Bibliográfica, a presente pesquisa apresenta a conjuntura patriarcal que revela submissão, altivez e loucura por entre o feminino. Esperamos que a nossa abordagem teórico-analítica coloque Fogo Morto nas mãos de leitores críticos, que possam despertar dentro de si o mesmo desejo que sentimos: o de acender o fogo investigativo a partir de novas categorias e/ou vertentes analíticas.

Veja o artigo completo: PDF